Acusado vai ser julgado pelo Juízo Crime da Comarca de Porto Novo

14/01/2013 23:50 - Modificado em 14/01/2013 23:50
| Comentários fechados em Acusado vai ser julgado pelo Juízo Crime da Comarca de Porto Novo

NN apurou que o caso de um homem que agrediu o irmão com uma enxada na ilha de Santo Antão vai ser julgado pelo Juízo Crime da Comarca do Porto Novo. Facto insólito é que a agressão que culminou na morte de Silvino Lima sucedeu numa área que não pertence ao concelho da Ribeira Grande. Neste sentido, por ser uma zona aglomerada a cidade de Porto Novo, o sujeito vai responder pelo crime nessa cidade.

 

No dia 1 de Janeiro, um homem agrediu o irmão com uma enxada durante uma briga na localidade de Companhia em Lagoa, ilha de Santo Antão. Da ocorrência resultou a morte de Silvino Lima, de 25 anos que não resistiu às lesões e faleceu após ser evacuado para a ilha de São Vicente.

A vítima sofreu um traumatismo craniano grave depois de ser agredido pelo irmão, Joaquim Lima, de 42 anos com uma enxada na face e na cabeça. Por questões de segurança, o agressor foi conduzido a Cadeia Civil  da Ponta do Sol por ordem do procurador-substituto da Comarca de Ribeira Grande.

Mas o caso teve de ser investigado por questões relacionadas com a zona onde ocorreu o incidente. Segundo o que apuramos “com as diligências realizadas pelas autoridades foi apurado quem em razão de território, a área onde ocorreu a agressão não consta do concelho da Ribeira Grande, isto é o planeamento do território da ilha revelou que o local pertence a cidade do Porto Novo”.

Para resolver a situação, a validação da prisão de Joaquim Lima foi determinada pelo Juízo Crime da Comarca de Porto Novo. Com esta decisão, o sujeito vai cumprir a medida de coacção na Cadeia Civil, em Ribeira Grande, mas vai responder pelo processo-crime na cidade do Porto Novo.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.