Oitos meses de prisão substituídos por trabalho comunitário

10/01/2013 00:52 - Modificado em 10/01/2013 07:59
| Comentários fechados em Oitos meses de prisão substituídos por trabalho comunitário

O 2º Juízo Crime da Comarca de São Vicente condenou um cidadão a oito meses de prisão que foram substituídos por 100 dias de trabalho comunitário por ter roubado uma cama .O arguido assumiu os factos e confessou ter furtado uma cama num estabelecimento comercial e de a ter vendido.

 

O juiz, o Ministério Público e a defesa viram na confissão uma vontade de mudança expressa pelo arguido que revelou estar sob o efeito do álcool no momento dos factos. O arguido que já tinha cumprido um período de prisão pelo mesmo tipo de crime há treze anos, foi aconselhado pelo juiz a não ressuscitar o passado e para ver na mediada de coacção, uma oportunidade de não enveredar pelo caminho da criminalidade.

Mas ficou o aviso “se no caso de não cumprir e se não fizer o trabalho comunitário, o mesmo será revogado e terá que cumprir os oito meses de prisão”.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.