Operação CAN: Tubarões Azuis terminam preparação com empate com a Nigéria

10/01/2013 00:28 - Modificado em 10/01/2013 14:32
| Comentários fechados em Operação CAN: Tubarões Azuis terminam preparação com empate com a Nigéria

Cabo Verde despede dos jogos de preparação para o CAN 2013 com um empate a zero com a Nigéria. Os campeões de África em 1980 e 1994 tiveram várias dificuldades para superarem os Tubarões Azuis que deixaram uma boa imagem antes de defrontarem a África do Sul no jogo inaugural da Copa da África das Nações, no dia 19 de Janeiro.

 

A selecção cabo-verdiana de futebol realizou o seu último teste de preparação antes de fazer a sua primeira aparição no Campeonato Africano das Nações que irá decorrer na África sul. Os Tubarões Azuis irão defrontar a anfitriã da competição, no jogo de abertura, mas antes deste jogo oficial defrontaram em jogo amigável, a Nigéria, selecção considerada como uma das favoritas a vencer o CAN 2013.

No Estádio de Algarve, em Faro, Cabo Verde entrou a pressionar e no minuto inicial, Heldon levou o perigo a baliza das “super águias’’, pelo que o guarda-redes nigeriano, Elije teve que se aplicar ao lance em dois tempos. Os Tubarões azuis apresentavam um sector defensivo sólido que contava com o apoio de Marcos Soares e Toni Varela no meio-campo.

O jogo ofensivo de Cabo Verde passava pelos pés do médio Babanco, com passes de ruptura para os futebolistas que alinhavam no ataque. Os avançados Júlio Tavares e Platini criaram algumas dificuldades a defensiva nigeriana, pelo Júlio surgiu na frente de Elije, que deu corpo a bola e evitou que esta parasse no fundo da baliza. Já Platini não aproveitou da melhor forma uma oferta de um contrário e rematou fraco para as mãos do guarda-redes nigeriano.

Mas a Nigéria mostrou que estava em campo e por duas vezes, a defensiva cabo-verdiana teve que mostrar os seus dotes para impedir que os “super águias” abrisse o marcador. Com apoio de Mikel, Mussa, emenike e Vitor Moses tentavam importunar Fock, mas os defesas de cabo Verde fazia o que estava ao seu alcance para retirar a bola da sua área.

 

Moderação

Na segunda parte, Cabo Verde baixou o ritmo de jogo e a selecção aproveitou para pôr em prática o seu esquema para ultrapassar a barreira defensiva dos Tubarões Azuis. Vozinha, que substitui Fock teve mais trabalho e foi dos seus pés que saiu o lance de maior perigo para a Nigéria. O guarda-redes aliviou mal a bola, e com apoio de um colega o perigo passou. E nos minutos finais num remate de Ikechukwu Uche, Vózinha redimiu-se ao evitar o golo.

O médio Sténio realizou o último lance de perigo para Cabo Verde e com um remate enrolado fez a bola chegar a cabeça de Guy Ramos que cabeceou ao lado da baliza nigeriana. Depois o árbitro português Hugo Miguel deu por terminada a partida, num jogo onde os Tubarões Azuis empataram a zero bolas, apresentaram bons argumentos e deixaram uma boa imagem perante uma das selecções favorita a vencer o CAN.

O encontro de hoje foi o último disputado em Portugal pelas duas seleções, antes da partida para a África do Sul, depois do estágio realizado no Algarve.

 

Ficha do Jogo:

 

Cabo Verde: Fock, Gégé, Fernando Varela, Nando, David Mendes, Toni Varela, Babanco, Marco Soares, Platini, Heldon Ramos e Júlio Tavares. Jogaram ainda: Vózinha, Ryan da Graça, Guy Ramos, David Mendes, Rony, Djaniny, Sténio. Selecionador: Lúcio Antunes.

 

Nigéria: Austine Ejide, Ambrose Efe, Joseph Yobo, Godfrey Oboabona, Obi Mikel, Ogenyi Onazi, Fegor Ogude, Ahmed Musa, Elderson Echiiejile, Emmanuel Emenike e Victor Moses. Jogaram ainda: Vincent Enyeama, Nosa Igiebor, Obiora Nwankwo, Ikechukwu Uche, Juwon Oshaniwa. Selecionador: Stephen Keshi.

 

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.