Indivíduos condenados por prática de crime de roubo

8/01/2013 01:27 - Modificado em 8/01/2013 01:28
| Comentários fechados em Indivíduos condenados por prática de crime de roubo

O Tribunal da Comarca do Sal procedeu à leitura da sentença de um processo-crime que acusava cidadãos do crime de roubo e receptação. Os três arguidos foram condenados com pena de prisão entre seis a quatro anos, por cometerem um crime de roubo.

 

Segundo a RCV, o Juízo Crime na ilha do Sal submeteu a julgamento seis cidadãos por alegado envolvimento num assalto em Santa Maria e por terem receptado produtos de proveniência de furto. Perante esta situação, três arguidos sentaram-se no banco dos réus para responderem a um processo-crime por crime de roubo.

 

O assalto ocorreu em Fevereiro de 2012 num edifício na praia António Sousa, em Santa Maria. Os assaltantes actuaram encapuzados e com recurso a armas brancas, ameaçaram o guarda e levaram do espaço televisores de plasma, fatos e garrafas de champanhe. Venderam os produtos a terceiros e consumiram as bebidas alcoólicas. E no dia seguinte, regressaram ao local onde assaltaram e espancaram o guarda de serviço.

 

Nesta segunda-feira, o juiz procedeu à leitura da sentença com base nas provas recolhidas em tribunal. Desta forma, os três indivíduos foram condenados, tendo sido o cabecilha do grupo condenado a seis anos e quatro meses de prisão. Os restantes elementos vão cumprir uma pena de quatro anos de prisão.

 

Por seu lado, os três cidadãos que receptaram os produtos foram condenados a pagar uma multa cujos valores variam entre os 10 e 20 mil escudos. E ainda, de acordo com a RCV, esta não é a primeira ocorrência de condenação de crime de roubo na ilha do Sal, pelo que algumas pessoas já estão a cumprir pena de prisão devido a essa prática.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.