PN apreende viaturas, pistola 6.35 e marijuana

28/12/2012 01:22 - Modificado em 28/12/2012 01:22

O Comando da Polícia Nacional, na ilha de São Vicente realizou uma operação policial englobada no plano operação “Natal e Fim de Ano em Segurança” em várias áreas da ilha. Foram detidos dois indivíduos por condução ilegal, um por posse ilegal e foram ainda apreendidas uma pistola 6.35 com munições e tacos de marijuana.

 

Na noite do dia 22 de Dezembro, por volta da meia-noite o Comando da PN iniciou uma operação policial para atacar os pontos negros da criminalidade na ilha de São Vicente. A operação envolveu trinta e cinco policiais, que integram as unidades BIC/BAC, Corpo de Intervenção, Serviços Internos do Comando que acompanhados de um cão polícia fizeram rusgas, buscas e revistas em várias áreas da ilha.

Segundo o que apuramos os agentes da PN actuaram no centro da cidade, nos bairros periféricos e fizeram rusgas em 18 bares e no espaço de estacionamento da Gare Marítima. Durante a operação foram abordados e revistados 480 indivíduos na via pública, sendo que 10 foram detidos para efeito de identificação.

Foi detido em Fonte Inês, um homem que estava na posse de uma pistola 6.35 e duas munições e um jovem suspeito de assaltar um espaço desportivo na Praça Estrela.Em relação as fiscalizações feitas nas rotundas da Laginha e da Ribeira Bote, na Av. Marginal, Praça Nova, Av. 5 de Julho e Rua Fernando Ferreira Fortes.

O Comando da PN submeteu 22 condutores ao teste de alcoolemia e das 35 viaturas fiscalizadas, 10 foram apreendidas por falta de documento e outras contra-ordenações. De realçar que dois indivíduos foram entregue às instâncias judiciais por estarem a conduzir de forma ilegal.

  1. Condutor.

    E o Policia dos Policias???? Dirigem tb sob efeitos do alccol, viaturas sem seguro obrigatório, sem inspecção da ITAC, sem manifesto, sem imposto de circulação, sem os selos de Seuguro e da ITAC no para- brisas. Em que pé ficamos?????????????????
    Uma pouca vergonha não autoriza a outra, mas eticamente o exemplo vem de dentro para fora. Já é hora de acabar com essas palhaçadas, pois além do condutor civil ser advertido, multado/ coimado ainda é maltratado e agredido verbalmente sem nenhum pudor.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.