Ninjas fazem um ano: É bom encontrar policias e não ladrões nas ruas

26/04/2012 08:53 - Modificado em 26/04/2012 08:53

Há um ano nascia em São Vicente um núcleo do Comando da PN para combater a criminalidade. Visto que a ilha precisava há muito tempo desta brigada para combater a violência, as guerras entre gangs e os assaltos. Este grupo funciona nos moldes da Brigada Anti Crime (BAC), mas nos bairros de São Vicente foram baptizados de” Ninjas”

Os mindelenses pediam com urgência a criação da Brigada Anti-Crime (BAC) em São Vicente devido a onda de criminalidade que assolava a ilha. O Comando da PN ouviu o chamamento da população e decidiu criar um núcleo com agentes da PN para combater a delinquência juvenil, guerras entre gangs e caçubodis.

A aposta foi válida porque um ano após a criação do núcleo, já se colhem os frutos. E temos uma população com um sentimento de que algo mudou: São Vicente está mais seguro. Hoje a paz e a segurança parece ter voltado as ruas e aos bairros da ilha de São Vicente.

Acção

A primeira actuação do Núcleo da PN aconteceu no dia 25 de Abril 2011. Nesse dia, o NN presenciou uma operação de agentes da PN no largo da Escola Jorge Barbosa. Os indivíduos vestidos de preto, com gorros na cara, bastão nas costas saíram do carro da BIC (Brigada de Investigação Criminal). Porém não se tratava de investigação, mas sim uma operação de um núcleo de intervenções rápidas da PN. E assim a partir desse dia esse grupo passou a patrulhar os bairros de São Vicente, onde foram baptizados de “ninjas”

Balanço

Os sãovicentinos viveram dias atormentados pelas guerras de gangs nas suas zonas. Nas quais houve mortes, dezenas de feridos e residências invadidas durante os confrontos. Porém o trabalho dos ninjas para combater essas rivalidades surtiu efeito. Porque hoje pouco se fala de confrontos entre gangs nos bairros, pelo contrário, há grupos que decidiram assinar acordos de paz.

Por outro lado, o fenómeno caçubodi assolou a vida de alguns sãovicentinos que viram-se obrigados a refugiarem-se nas suas residências. Porque ficaram com problemas psicológicos e marcas físicas após sofrerem ataque dos caçubodistas. Mas agora os mindelenses respiraram de alívio, já que a noite é visível ver pessoas circulando em áreas, que eram referenciados como áreas de caçubodi.

Segundo alguns cidadãos “estamos cientes que a PN está colhendo os frutos no combate ao caçubodi. Porque eles atacaram as áreas de maior incidência e acabaram por deter vários gatunos em flagrante delito. Por outro lado o medo de cair nas mãos dos “ninjas” fez com que alguns caçubodistas apaziguassem os seus delitos”. Parece que aos poucos os mindelenses estão a perder o medo de andar a noite. A presença constante dos “ninjas” nas áreas que eram o paraíso dos assaltantes retirou os larápios desses locais. É bom encontrar policiais e não ladrões nas ruas.

  1. Marco

    Parabéns pa malta de Ninja e PN!

  2. José Júlio

    Excelentes os resultados da BAC. Estão de parabéns por estarem a conseguir minimizar os focos de violência em São Vicente. Quero no entanto opinar que é absolutamente indispensável a continuidade desse trabalho em prol da paz e da segurança dos cidadãos e também para a projecção da ilha, além fronteiras, isenta de notícias de criminalidade que sempre afugentam turistas e investidores.
    Aos operacionais da BAC e seus Comandos, o meu reconhecimento pelo bom trabalho que estão fazendo. Parabéns!!!

  3. mayka

    MEUS PARABENS AU PN e BAC PELO O VOSSE TRABALHO E DEDICACÃO FORCA QUE CONTINUA ASSIM. EU GOSTARIA DE FAZER PARTE DA VOSSA EQUIPA ,PORQUE QUEM NÃO GOSTA DE VOSSE SÃO BANDIDOS

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.