Djenice Duarte na crista da moda internacional

26/12/2012 01:04 - Modificado em 26/12/2012 02:00

Djenice Duarte, modelo internacional, deixa as passarelas de Nova Iorque e desfila a sua beleza até ao final do ano em Cabo Verde. A modelo realiza um dos sonhos ao entrar, a título de experiência, para a agência Ford Models, nos Estados Unidos e conta ao NN os resultados da sua experiência.

 

A modelo internacional refere que “A experiência foi muito boa. Gostei imenso e aprendi muito com os fotógrafos, estilistas e maquilhadores.” Adianta que a sua dificuldade foi a língua, visto não falar inglês. Mas a barreira linguística não lhe impediu de aprender muito, de se divertir e de fazer muitos amigos.

Djenice Duarte declara ao NN que “como todos dizem Nova Iorque é uma cidade de oportunidades” e a modelo crioula aproveitou a oportunidade para ter um futuro melhor e com melhores condições de vida. Refere que ”em Cabo verde a taxa de desemprego é elevada. Sou estudante sim, mas não tenho garantias de ter emprego. Por isso agarrei esta oportunidade.”

Questionada sobre os aspectos positivos e negativos dessa experiência, Djenice avança que “um dos aspectos negativos é o de ter de conviver com pessoas (as modelos) que não conheces, não é tarefa fácil, pelo facto de haver competição.Em Nova Iorqueé cada um por si a nível do trabalho.”

O positivo é que fez muitos amigos, a agência gostou da beleza cabo-verdiana e das suas fotos que fez para o book. Refere que “ um dos meus bookers ficou impressionado com as fotos. O que mostra que valorizam o meu trabalho.” Djenice Duarte considera queem Nova Iorqueexistem modelos bonitos e que não têm preconceito.

O próximo objectivo da modelo internacional é rumo a Paris, em Janeiro, para conhecer a Elite a sua outra agência . Declara que o próximo passo “É participar no Fashion Weekem Nova Iorqueou Paris. Em seguida é fazer castings e pegar no trabalho.”

 

Djenice Duarte espera atingir o maior sucesso possível e refere que ”sabe ser uma TOP MODEL mas, para isso, é preciso muito esforço para atingir o sucesso. E pretendo ajudar a minha família e fazer algo positivo para Cabo Verde.”

 

Questões descontraídas:

 

Gostas de quente ou frio?

-Mi é dod na nha quente. Frio é sabe mas mi é mais dod na nha quente! Para mim ser Caboverdeano significa ser quente. (Risos)
Tuas medidas?

-1,83 de altura, 90 cmde anca, 61 de cintura, busto 80 cme calço 40.

Inspiração?

-A minha inspiração é Urivaldo Lopes porque ensinou-me algo que fez a diferença.

Teu perfil?

-Eu sou tímida, meiga, brincalhona, divertida, sonhadora amiga dos meus amigos, não admito mentiras, doida às vezes e muito festeira (Risos) EU SOU DJENICE, A CRIOUL MODEL.

 

  1. Sandra Lima

    Força prima, sucesso na bó carrera.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.