Sindicatos acusam Enapor de “ falta de respeito”

21/12/2012 00:37 - Modificado em 21/12/2012 00:37

Caso os problemas dos trabalhadores da Enapor não forem resolvidos, os sindicatos que representam os trabalhadores prometem tomar início do próximo.

 

Tomas Aquilino presidente do SIMATEC, falando em nome de dois sindicatos, a SIMETEC de São Vicente e o SITHUR na Cidade da Praia que representam  “boa parte”  dos trabalhadores da Enapor avança que, neste momento, decorre um “processo de consulta junto de todos os trabalhadores para uma tomada de posição ainda no início do próximo ano caso as reivindicações não forem satisfeitas”. Entre as reivindicações está o aumento salarial para o ano de 2013 e um novo PCCS.

Estes dois sindicatos, O SIMETEC e o SITHUR, que pertencem à UNTC-CS mostram-se unidos nesta luta para conseguirem com que as suas reivindicações sejam atendidas pela administração da Enapor. E para Tomas Aquilino, a Enapor remete-se ao silêncio no que concerne os seus pedidos, o que considera “uma falta de respeito”.

  1. zemas

    falta de respeito,seriedade,honestidade, atitude consciente perante a situação do pais, e o desses sindicatos que o que querem e mais dinheiro para sustentar a vida de parasita que levam por todo o pais, onde e que ja se viu um analfabeto que ganha 80.000$00 a 100.000$00 mês a querer mais daqui a pouco vamos querer todos ser estivadores, olhem que a ameaça e muita porque ha médicos e engenheiros que nao estao a ver este dinheiro, fora com estes sindicatos viciados.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.