Arguido conhece sentença em 2013

20/12/2012 15:33 - Modificado em 20/12/2012 15:33
| Comentários fechados em Arguido conhece sentença em 2013

Foi adiada a leitura da sentença do processo-crime que acusava o arguido, Natalino Soares de ter assassinado o cidadão Pedro da Cruz, conhecido por Ti Piras, guarda-nocturno da Escola Profissional do Sal. O indivíduo é acusado de homicídio agravado, roubo e omissão de auxílio, após ter estrangulado o idoso de 60 anos para roubar um cofre com 20 mil escudos desse estabelecimento de ensino.

 

O Juízo Crime da Comarca do Sal tinha marcado para esta quarta-feira, a leitura da sentença de um processo-crime que investigava o assassinato de um guarda-nocturno da Escola Profissional do Sal. Mas, o caso que aconteceu em Janeiro de 2012, só terá o seu desfecho final a 16 de Janeiro de 2013 com a aplicação da pena, por parte do juiz que adiou a sentença por motivos de fórum profissional.

Perante os factos e pela audição do acusado Natalino Soares e das testemunhas arroladas ao processo, o Tribunal apurou que a vítima surpreendeu o arguido a roubar um cofre da Escola Profissional do Sal contendo 20 mil escudos e que houve uma luta corpo a corpo entre os dois indivíduos. E que depois de agredir o idoso de 60 anos, o acusado estrangulou-o com a utilização de um cinto.

Desta forma, Natalino Soares, de 32 anos que trabalhou como contínuo nessa escola e prestou serviços numa empresa de segurança incorre numa pena de prisão entre 15 a 25 anos. De realçar que o julgamento do indivíduo, foi um dos processos-crime mais aguardados pela população da ilha do Sal que agora espera pelo veredicto final do juiz.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.