Indivíduos condenados na ilha do Sal por falsificação de notas

18/12/2012 00:21 - Modificado em 18/12/2012 00:21
| Comentários fechados em Indivíduos condenados na ilha do Sal por falsificação de notas

O Tribunal da Comarca do Sal procedeu à leitura da sentença de um processo-crime que acusava cinco indivíduos do crime de falsificação de notas. Dos arguidos, três foram condenados com pena de prisão mediante as leis do artigo 244º do Código Penal.

 

Segundo a RCV, na semana passada, o Juízo Crime na ilha do Sal submeteu a julgamento cinco cidadãos detidos pelas autoridades criminais em 2011 por alegado envolvimento num esquema de falsificação de notas. Perante esta situação, os arguidos sentaram-se no banco dos réus para responderem a um processo-crime pelo crime de falsificação de notas.

E nesta segunda-feira, o juiz procedeu à leitura da sentença com base nas provas recolhidas em tribunal. Desta forma, três cidadãos foram condenados a uma pena de prisão na ordem de três anos e quatro meses. Um indivíduo que se encontrava detido desde Novembro de 2011 foi condenado a três anos de prisão, mas a pena foi suspensa por um período de cinco anos.

O quinto elemento do grupo foi absolvido deste caso; de realçar que os indivíduos envolvidos no caso sentenciado nesta segunda-feira são oriundos das ilhas do Sal, São Vicente e Santiago. E ainda, de acordo com a RCV, esta não é a primeira ocorrência de crimes de falsificação de notas na ilha do Sal, pelo que algumas pessoas já foram constituídas arguidas pelas instâncias judiciais.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.