Tribunal diz que YouTube é responsável pelo conteúdo inserido por utilizadores

23/04/2012 13:53 - Modificado em 23/04/2012 13:53
| Comentários fechados em Tribunal diz que YouTube é responsável pelo conteúdo inserido por utilizadores

Um tribunal de Hamburgo decretou que o YouTube é responsável pelo conteúdo que os utilizadores partilham, ainda que conste do regulamento do site que os utilizadores não podem publicar sem autorização material protegido por direitos de autor.

O tribunal alemão observou que o regulamento não é suficiente e quer que o YouTube instale filtros que detectem se os utilizadores estão a tentar colocar online clips musicais cujos direitos sejam detidos, na Alemanha, pelo grupo Gema, que representa cerca de 60 mil músicos e letristas e que moveu a acção.
Os representantes da indústria musical invocaram em tribunal que o YouTube não fez o suficiente para travar os uploads não autorizados de músicas.

O YouTube argumentou por seu lado que, apesar de não se responsabilizar por aquilo que os utilizadores fazem, tomou medidas quando foi alertado para situações de violação de direitos de autor.

Com esta derrota judicial, o YouTube, detido pelo Google, poderá ainda ter de pagar aos detentores de direitos de autor.

Esta medida – que abre um precedente importante – poderá igualmente significar que, de agora em diante, será mais lento colocar vídeos no YouTube a partir da Alemanha uma vez que cada clip terá de receber previamente a “luz verde” do site antes de ficar disponível online.

Estima-se que, actualmente, no mundo inteiro, é feito o upload para o Youtube de cerca de 60 horas de vídeo a cada minuto.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.