Tombo de viatura nas obras da nova Delegacia de Saúde assusta trabalhadores

11/12/2012 00:50 - Modificado em 11/12/2012 00:50

Na tarde desta segunda-feira, uma viatura da empresa de transportes e aluguer de máquinas, Lino Oliveira sofreu um tombo nas obras de construção da nova de Delegacia de Saúde de São Vicente. O condutor não sofreu lesões, mas ficou imobilizado durante cerca de uma hora. De realçar que o pior não aconteceu porque na altura da ocorrência, os trabalhadores da obra haviam abandonado o local do acidente.

 

José Oliveira de 24 anos, condutor de uma viatura da empresa Lino Oliveira sofreu um acidente de trabalho nas obras de construção da nova de Delegacia de Saúde de São Vicente. Nesta segunda-feira, por volta das 12h 30 minutos, José Oliveira estava a descarregar uma terra nessa obra, quando a sua viatura inclinou-se para uma parede nas traseiras do local.

De acordo com testemunhas oculares, o incidente não teve consequências trágicas porque uma parede imobilizou a queda da viatura e porque no local não havia trabalhadores em serviço. “A situação aplicou um susto a dois trabalhadores, que aquando da chegada da carrinha estavam a trabalhar no local da ocorrência. Quando houve o tombo estavam a poucos metros da viatura a preparar uma área que iria receber o material existente na carroçaria do carro” asseguram as testemunhas.

 

Auxílio

Este online soube que a queda da viatura ocorreu durante uma manobra efectuada pelo condutor e que devido a inclinação existente no piso, o peso do material acabou por provocar a inclinação da carrinha para o lado esquerdo. Nestas circunstâncias, os responsáveis da obra encetaram contactos para desencarcerar o veículo e permitir a saída do condutor. Porém motorista só foi retirado uma hora depois do incidente .

Depois da remoção do veículo, o condutor, José Oliveira apresentava algumas dores no corpo e em entrevista ao NoticiasdoNorte revelou que após o incidente receou o pior, na medida que ficou retido no interior da viatura.

  1. DJONNY

    Já agora como é que uma viatura fica ENCARCERADA.
    Eduíno já te disse imensas vezes para melhorares a inteligência deles.
    Ouvem uma palavra, não sabem o significado e depois usam-na de forma desordenada.
    Talvez “tenham tirado o condutor do cárcere”. A viatura é que não.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.