Cidade fronteiriça do Sudão do Sul bombardeada

23/04/2012 13:20 - Modificado em 23/04/2012 13:20
| Comentários fechados em Cidade fronteiriça do Sudão do Sul bombardeada

Várias bombas foram lançadas nesta segunda-feira de manhã na cidade fronteiriça de Bentiu, no Sudão do Sul, numa altura em que aumentam os receios de um conflito aberto com o vizinho Sudão.

Um oficial militar do recém-criado país, tornado independente em Julho passado em virtude do referendo de Janeiro de 2011, descreveu este bombardeamento como uma “escalada séria” e uma “provocação” – após semanas consecutivas de confrontos junto às fronteiras entre os dois países, sobretudo na região a Sul de Heglil, zona de enorme riqueza petrolífera que tem estado no centro da actual crise.

Há cerca de duas semanas, tropas do Sudão do Sul assumiram o controlo da região, cuja soberania é disputada pelos dois países, no que constituiu um pesado golpe militar e também económico ao Sudão. Sob intensa pressão internacional, as autoridades do Sudão do Sul anunciaram na passada sexta-feira que iriam dali retirar as suas forças militares.

O bombardeamento desta manhã, que atingiu um mercado de Bentiu, causando pelo menos um morto e três feridos graves, parece ter tido por principal alvo uma ponte que dá acesso à disputada região petrolífera de Heglil. Relatos ao longo dos últimos dias atestam que tanto o Sudão do Sul como o Sudão estão a aumentar o número dos seus soldados na zona de fronteira.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2017: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.