Porto Grande: contentores para exportação não são fiscalizados

6/12/2012 01:17 - Modificado em 6/12/2012 01:17

A falta de meios, de pessoal no porto de São Vicente e a obrigatoriedade legal da fiscalização de cargas em contentores para a exportação tem feito com que fiscalização não seja tão frequente.

 

Para a RCV Director da Alfândega do Mindelo, António Lopes, afirma que a fiscalização para exportadores individuais “é pouco frequente ou não existe”. Entre as ilhas o controle é feito através de um guia que segue com o contentor. Mas quanto os operadores tem uma “certa idoneidade o controle não é feito com frequência”. E justifica esta falta de controlo devido a falta de pessoal.

Essa discussão surge depois de a Policia Judiciaria ter apreendido um contentor com pepinos-do-mar e búzios no Porto Grande. Esta apreensão decorreu durante uma acção para testar novos equipamentos de controlo nas infra-estruturas portuárias de Cabo Verde. Durante este exercício prático conseguiram apreender o contentor que tinha

destino o mercado asiático.

  1. ATENTO

    E tem mais, isto é conversa para criancinha, não colocam mais pessoal porque o tráfico de drogas para Europa está atrás de todo este esquema, já que a Enapor ou Polícia de Alfândega não têm pessoal suficiente, que um dia a Judiciária, juntamente com a corporação BIC, Chocada, BAC e Piquete façam uma blitz em cada contentor, que irão encontrar droga vindo da América do Sul. A operação de Lancha Voadora deveria ser estendida por S. Vicente e Sal, fica uma dica aqui.

  2. ego

    esta informação esta completamente errada, porque Foi a policia Fiscal e a Policia Maritima que fizeram a apreensao e o scaneamente,tendo em conta que o referido contentor ja estava sob suspeita, e que assim que ele entra-se no cais para ser feito a sua apreensao. A policia judiciaria so teve conhecimento do facto depos atraves da Policia Matima. e nao estava a decorrer nenhum exercicio pratico naquele dia. favor repor a verdade dos factos

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.