Navio de cruzeiro desembarca corpo de passageiro falecido a bordo

5/12/2012 03:47 - Modificado em 5/12/2012 03:47

O NN apurou que a escala feita pelo navio de cruzeiro, Costa Fascinosa, no Porto Grande, na ilha de São Vicente, foi para desembarcar um passageiro que faleceu a bordo. Segundo apurámos, durante a travessia no Atlântico, Serge Alain Rubin, de 67 anos não resistiu a uma complicação cardíaca. 

 

Na manhã, de ontem, 3 de Dezembro, por volta das 12 horas, o navio de cruzeiro, Costa Fascinosa fez uma entrada de emergência no Porto Grande, na ilha de São Vicente. O navio tinha saído de Tenerife, nas Canárias e rumava ao Brasil, mas devido à morte de um passageiro e por estar a navegar nas proximidades do arquipélago de Cabo Verde, o Costa Fascinosa teve que fazer escala na ilha de São Vicente para desembarcar o corpo do cidadão de nacionalidade suíça.

De acordo com informações recolhidas na Polícia Marítima, a Delegacia de Saúde de São Vicente foi accionada ao local para fazer o levantamento do corpo de Serge Alain Rubin, de 67 anos, que viajava a bordo do navio de cruzeiro na companhia da sua esposa. Depois de realizar a diligência, o corpo foi entregue à agência funerária Freitas e Fortes para proceder à embalsamação.

Segundo a responsável da agência funerária Freitas e Fortes, estão-se a ultimar os preparativos para transladar o corpo do cidadão para a Suíça. Findo o processo de recolha dos dados completos da filiação de Serge Rubin que neste momento são uma incógnita para as autoridade e da entrega do relatório de óbito, o corpo do idoso seguirá viagem para a sua terra natal sob o cuidado da sua esposa.

 

  1. Piras

    Se não me engano este navio representado na imagem é Costa Fortuna e não Costa Fascinosa. Pois de facto o passageiro teve pouca sorte que a terra lhe seja leve.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.