Grémio Nhagar reivindica os direitos de formação de Jovane Cabral junto ao Sporting Clube de Portugal

6/12/2018 12:32 - Modificado em 6/12/2018 12:32

O jornal Record dá destaque na sua sessão Premium, ao processo de cobrança junto ao Sporting Clube de Portugal, dos valores respectivos aos direitos de formação de Jovane Cabral, jogador de 20 anos, formado no clube de Santa Catarina de Santiago, uma das grandes promessas atuais do futebol português.

De acordo com a mesma fonte, o Grémio terá já entrado, desde o dia 21 de Outubro de 2018, em contacto com o emblema português, segundo o presidente do Grémio, Manuel da Lomba, e espera receber essa compensação prevista nas leis de transferência da FIFA, pelo que aguarda o pagamento de tais direitos de formação sobre o atleta.

Jovane Cabral, 20 anos, como se sabe, conseguiu a sua afirmação, de vez, no plantel principal do Sporting Clube de Portugal esta época, através do recém demitido treinador, José Peseiro, ainda que no ano passado já tenha sido convocado, em pelo menos uma ocasião, por Jorge Jesus.

O jovem jogador cabo-verdiano, recorda-se, está a ter um excelente início de época, com 17 partidas efectuadas ao serviço do plantel principal leonino (9 no campeonato, 5 na Liga Europa, 2 na Taça de Portugal e 1 na Taça da Liga), tendo já apontado 4 golos (2 no campeonato e 2 na Liga Europa), com um total de 633 minutos jogados. Jovane tem contrato com o Sporting Clube de Portugal valido até 2023, e está blindado com uma cláusula de rescisão no valor de 60 milhões de euros.

As exibições de Jovane Cabral, inclusive, já motivaram a sua naturalização como cidadão português, sendo que o processo já está concluído, com o jogador a abdicar de representar a seleção principal cabo-verdiana em favor da possibilidade de representar Portugal. Intenção vincada no fim-de-semana logo após ao jogo com o Rio Ave, onde se mostrou disponível para estar as ordens de Fernando Santos, seleccionador português, caso este entenda que chegou o momento de lhe dar uma oportunidade.

Jovane, é natural de Assomada, concelho de Santa Catarina, ilha de Santiago. Começou a dar nas vistas nos jogos da CPLP Luanda 2014, torneio em que a seleção sub-16 cabo-verdiana alcançou a medalha de bronze, tendo o jogador como a sua principal estrela.

Com 13 golos em cinco partidas, Jovane consagrou-se o melhor marcador de sempre da prova e durante o torneio foi eleito por três vezes o melhor em campo. De sublinhar ainda os sete golos numa única partida apontados por Jovane, ele que sequer é avançado, joga a médio ofensivo, na goleada de 12 x 1 diante de São Tomé e Príncipe.

As suas exibições em Luanda abriram-lhe as portas para a formação do FC. Porto e depois para o Sporting com o qual se sagraria campeão nacional de sub-19, antes de ingressar o plantel principal do clube leonino.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.