Especialista alerta para que se deixe de usar papel higiénico

31/10/2018 00:14 - Modificado em 31/10/2018 00:14
| Comentários fechados em Especialista alerta para que se deixe de usar papel higiénico

Parece que o hábito que a maioria dos indivíduos aceita como dado adquirido, nomeadamente utilizar papel higiénico para se limpar, poderá estar a fazer mais mal do que bem à saúde e é afinal uma maneira ineficaz de limpeza.

Usar apenas papel higiénico poderá ajudar apenas à propagação de fezes de um lado para o outro em vez de as remover, e a sua utilização excessiva poderá provocar inclusive problemas de saúde, tais como o aparecimento de fissuras anais e de infeções urinárias.

Em declarações à publicação Tonic, Rose George, a autora do livro ‘The Big Necessity: The Unmentionable World of Human Waste and Why It Matters’ (‘A Grande Necessidade: O Inominável Mundo de Desperdício Humano e Porque Isso Importa’), disse: “Considero bastante desconcertante que milhões de pessoas pensem que estão a manter uma boa higiene, quando de facto permanecem vestígios de fezes constantemente no ânus”.

“O papel higiénico move as fezes, mas não as remove!”.

A especialista refere que ao invés se deve dar preferência ao uso de bidés. O utensílio considerado por muitos datado é visto como sendo mais amigo do ambiente e adicionalmente a água é muito mais eficaz na limpeza.

Rose George recomenda ainda o uso de toalhetes húmidos como alternativa. No mundo das celebridades, o ator Will Smith e o cantor Will.i.am serão fãs desta modalidade.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.