Tribunal da Boa Vista aplica Prisão Preventiva para Deputado Municipal

15/10/2018 07:42 - Modificado em 15/10/2018 07:42

O Tribunal da Comarca da Boa Vista decretou como medida de coacção a prisão preventiva para o Deputado Municipal, do grupo Independente BASTA, acusado de vários crimes relacionados com o assalto ao Banco Cabo-verdiano de Negócios de Sal Rei, na Boa Vista, ocorrido a 29 de Dezembro de 2017.

O deputado municipal, também estagiário, foi preso na passada sexta-feira, 12, fora de flagrante delito, por ordem do Ministério Público, suspeito de estar envolvido em dois crimes de roubos (com violência sobre pessoa), um crime de furto qualificado de arma de fogo e um crime de disparo de arma de fogo. Todos estes crimes alegadamente cometidos pelo deputado estão, segundo a PGR, relacionados com o assalto ao balcão do BCN da Boa Vista.

Depois de ser ouvido no sábado 13 pelo Tribunal da Comarca da Boavista, para os primeiros interrogatórios, foi-lhe aplicado como medida de coacção a prisão preventiva. O caso encontra-se em investigações e em segredo de justiça.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.