Bispo do Mindelo : “Casamento gay é inadmissível porque não serve para dar continuidade à espécie“

10/10/2018 23:47 - Modificado em 10/10/2018 23:47

O Bispo do Mindelo posicionou-se contra o casamento gay dizendo que expressa a posição da Igreja Católica. Numa entrevista ao Mindelinsite,  Dom Ildo Fortes diz que a igreja vê o casamento de duas formas:  o bem dos esposos e a procriação e que as pessoas casam-se para desfrutarem do amor e da vida sexual, mas também tem outra finalidade que é a de criar descendência.

E citando a Bíblia “crescei e multiplicai-vos”, afirma que duas pessoas que não têm no horizonte fazer crescer a humanidade não têm uma base para o casamento. Não podem casar na Igreja Católica. E quando a igreja fala do matrimónio, explica: “só o concebe entre um homem e uma mulher. Entre dois homens ou entre duas mulheres não fala de matrimónio”. Esta  posição surge  num momento  que  a comunidade homossexual de Cabo Verde intensifica  a luta  pelo  direito ao casamento gay, defendida pela Associação de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis (LGBT) do país. E, para conseguir  esse objectivo, lançou uma petição  online com o objectivo de angariar assinaturas para pedir a legalização do casamento gay no país.

O objectivo, passa por  conseguir  10 mil assinaturas  e levar o documento a ser discutido no Parlamento.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.