“Voo da Águia” : Zany admite que mentiu e Zé Pote pode ser libertado

9/10/2018 00:45 - Modificado em 9/10/2018 00:45

Zany Filomeno  admitiu em sede de Audiência Contraditória Preliminar (ACP ) no Tribunal da Praia que mentiu durante o julgamento do caso “Voo da Águia”  ocorrido em 2006 na ilha .  As declarações de Zany  foram consideradas “  determinantes” para a condenação  de cinco arguidos a penas de 19 anos de prisão por tráfico de drogas .

No mês de Maio  de 2017  este online publicou uma noticia  onde a defesa de Ze Pote , condenado a 19 de prisão no processo que ficou conhecido como “ o Voo da Águia “  defendia que “José Arlindo Varela Semedo (Zé Pote) e os seus familiares estão revoltados com a justiça cabo-verdiana e procuraram a redação deste jornal, para denunciar o que consideram a «denegação da justiça» neste país. Outrossim, Zé Pote que se encontra preso na Cadeia Central de São Martinho, em cumprimento de uma pena de 19 anos, já fez saber junto de um dos seus advogados, que vai lutar até às últimas consequências, para provar a sua inocência, tudo porque, desde Novembro de 2013 que aguarda pelo desfecho de um processo que interpôs contra Zany Filomeno Soares Moreno, por crimes de denúncia falsa, calúnia e difamação durante o seu depoimento no julgamento do processo «caso de droga no Sal”

Ontem em sede de ACP  Zany ao  admitir que mentiu  deu à defesa de Zé Pote  a confirmação que procura desde 2013. Perante este facto, os advogados de Zé Pote ficam à espera de um despacho de pronúncia, que deverá ser conhecido até á próxima sexta-feira, 12, para poderem delinear os próximos passos, adiantando que, se Zany Filomento for condenada, a defesa de Zé Pote pretende usar a sentença para interpor um recurso extraordinário para anular a condenação  do cliente que já cumpre pena desde 2013 .

Durante o julgamento do “Voo da Águia”, na ilha do Sal, as declarações de Zany Filomeno foram  consideras peças importantes, levando à condenação de cinco arguidos, entre eles Zé Pote, acusados pelo Ministério Público de envolvimento no crime de tráfico de droga, associação criminosa e lavagem de capital.

 

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.