Brasil: Bolsonaro e Haddad na 2.ª volta, tudo ou nada decide-se no dia 28

8/10/2018 12:34 - Modificado em 8/10/2018 12:37

As eleições presidenciais no Brasil realizaram-se este domingo. Os resultados já são oficiais: Jair Bolsonaro e Fernando Haddad são os dois candidatos que disputarão a segunda volta, que se realizará no dia 28 de outubro.

Jair Bolsonaro (PSL) saiu desta primeira volta das eleições presidenciais com mais de 49 milhões de votos, 46,03% da preferência eleitoral, uma confortável vantagem sobre o segundo candidato mais votado, Fernando Haddad (PT), que conseguiu 29,28%.

Inicialmente, com 50% dos votos apurados à boca de urna, Bolsonaro estava a um triz da maioria absoluta na primeira volta, com 49% do votos, mas esta vantagem acabou por se diluir à medida que se foram contabilizando os resultados do nordeste brasileiro, onde nove estados deram vantagem a Haddad (Pará, Maranhão, Piauí, Baía, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte) e um a Ciro Gomes (Ceará).

Ciro Gomes (PDT) foi o terceiro candidato mais votado, com 12,47%, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB), com 4,76%.

As surpresas, por razões diferentes, foram João Amoêdo (NOVO), que conseguiu uns honrosos 2,5% (quinto lugar) com um partido recém-criado e sem participar em nenhum debate, e Marina Silva (REDE), que, na sua terceira corrida presidencial, se ficou pelos 1% (oitavo lugar). A candidata ambientalista, que conseguiu mais de 22 milhões de votos nas últimas eleições presidenciais, em 2014, foi a desilusão da noite, reunindo pouco mais de 1 milhão de votos. O voto útil explica, em parte, o fraco resultado, mas não deixou de surpreender.

Bolsonaro, o polémico candidado de extrema-direita, e Haddad, o ‘petista’ indicado por Lula da Silva, seguem assim para uma nova eleição, de segundo turno, que se realiza a 28 de outubro.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.