Boavista: com saudades da ELECTRA populares protestam contra qualidade da água e energia

28/11/2012 01:10 - Modificado em 28/11/2012 01:10
| Comentários fechados em Boavista: com saudades da ELECTRA populares protestam contra qualidade da água e energia

A população da Boavista sente saudades da Electra na ilha. A distribuição da água e energia passou a ser assegurada pela AEB, Água e Energia da Boavista. Empresa contra a qual os boavistenses vão sair à rua para protestar pelos serviços fornecidos. André Brito, um dos organizadores da manifestação, explicou o motivo do protesto à RCV.

 

Fazendo uma analogia com o tempo em que a Electra funcionava na ilha, diz que “no tempo da Electra os preços eram mais baixos e com a AEB são mais caros, exorbitantes”. Falando da qualidade da água diz que “não é consumível e o sabor é salgado”. Além da qualidade da água, as facturas são motivos de contestação. Jorge Ramos lembra à mesma estação de rádio que quando a Electra estava na ilha, pagavam mais ou menos cinco mil escudos, mas desde que a AEB começou a funcionar, as facturas dispararam para cerca de nove mil escudos.

 

Elaine Graça, responsável comercial da AEB diz que na Boavista a água canalizada é a mais barata do país. “a Boavista tem um preço inferior ao das restantes ilhas e o preço é regulado pela ARE, agência de regulação económica”, assegura Elaine.

 

A população está decidida a manifestar e vai fazê-lo na próxima sexta-feira.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.