Cabo Verde escolhido para a sede da Confederação Lusófona de Xadrez

3/10/2018 23:07 - Modificado em 3/10/2018 23:07

A Confederação Lusófona de Xadrez (CLX), criada no passado dia 28 de Setembro, ficará sediada em Cabo Verde, após uma notificação feita pela nova entidade dirigente do Xadrez nos países lusófonos, isto numa altura em que Cabo Verde compete nas Olimpíadas de Xadrez em Batumi, na Geórgia.

A Confederação Lusófona de Xadrez, é constituída por Cabo Verde, Macau, Moçambique, Brasil, Portugal, São Tomé e Príncipe, Angola e Timor Leste. Para além de sediar a Confederação de Xadrez, Cabo Verde terá uma comissão de gestão que assumirá funções até a Olimpíada de 2020.

Com relação a Olimpíada de Xadrez que decorre em Batumi, na Geórgia, Cabo Verde conseguiu a sua segunda vitória na competição, ao derrotar o Gabão na 8ª jornada por 3-1. Esta foi a segunda vitória obtida por Cabo Verde, após vencer na terceira jornada a equipa de Jersey.

Cabo Verde soma até agora seis derrotas na competição, nomeadamente frente ao Uruguai, Bolívia, Internacional Braille Chess Association (IBCA), São Marino, Guernsey e Suazilândia. Faltam mais duas rondas para encerrar a participação cabo-verdiana neste torneio que decorre desde 23 de Setembro e termina a 07 de Outubro.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.