Outubro Rosa: “Há possibilidades de cura, quando a doença é detectada atempadamente”

2/10/2018 23:22 - Modificado em 2/10/2018 23:22
| Comentários fechados em Outubro Rosa: “Há possibilidades de cura, quando a doença é detectada atempadamente”

 A Associação Cabo-verdiana de Luta contra o Cancro (ACLCC) realiza, ao longo do mês de Outubro,  uma série de actividades para assinalar o “Outubro Rosa”,  com destaque para acções de informação e sensibilização na prevenção do cancro da mama.

O programa divulgado pela ACLCC com uma serie de atividades durante todo o mês, culmina no dia 28 com a realização de uma grande marcha na Cidade do Mindelo, com o objetivo de alertar as pessoas para os sinais da doença e para a importância do diagnóstico precoce.

A semelhança dos anos anteriores, de 01 a 31 do corrente mês, a ACLCC organiza um torneio de futebol feminino, bem como ensino auto-exame da mama, que decorre no mesmo período e no sábado, uma feira de saúde no jardim de Chã de Alecrim. Além de que no dia 20, promove uma palestra sobre o tema.

A campanha de conscientização contra o cancêr de mama, conhecida como Outubro Rosa, é realizada por diversos entidades, no mês de outubro, e dirigida à sociedade, em especial às mulheres. Entre os temas do movimento, está a importância da prevenção e do diagnóstico precoce da doença.

O nome da campanha remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades: o rosa. Durante o período, monumentos por todo o país se iluminam com essa mesma cor.

O câncer de mama é o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e, apesar de também atingir os homens, as mulheres, acima de 35 anos, são o principal alvo.

Autoexame: como fazer?

De acordo com as orientações da ACLCC, o autoexame deve ser realizado uma vez a cada mês, na semana seguinte ao término da menstruação. Existem duas formas de fazer o autoexame, são elas:

No chuveiro ou deitada:

Coloque a mão direita atrás da cabeça. Deslize os dedos indicador, médio e anelar da mão esquerda suavemente em movimentos circulares por toda mama direita. Repita o movimento utilizando a mão direta para examinar a mama esquerda.

Diante do espelho: Levante os braços, colocando as mãos na cabeça. Observe se ocorre alguma mudança no contorno das mamas ou no bico. Repita a observação, colocando as mãos na cintura e apertando-a. Observe se há qualquer alteração.

Finalmente, esprema o mamilo delicadamente e observe se sai qualquer secreção. A observação de alterações cutâneas ou no bico do seio, de nódulos ou espessamentos, e de secreções mamárias, não significa necessariamente a existência de câncer.

O que procurar?

Caroços (nódulos).

Abaulamentos ou retrações da pele e do complexo aréolo-mamilar (bico do seio).

Secreções mamilares existentes.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.