Moave e HBS vão construir uma nova sala de urgências do hospital

7/09/2018 18:17 - Modificado em 7/09/2018 18:17

A Direcção do Hospital Baptista de Sousa (HBS) assinou com a Moave um protocolo para construção de uma nova sala de espera do Banco de Urgência de Adultos. Após a assinatura do protocolo, Ana Brito, directora do hospital, declarou ser esta uma obra que “há muito está no projecto” a remodelação e reorganização do serviço de urgências e justifica esta necessidade pelo aumento da população, complexidade das patologias, e também, pelo novo método de triagem. “Esta reorganização especial para dividir convenientemente os doentes que nos chegam à urgência em classes de prioridade”, diz Ana Brito.

A Moave, por sua ve, vai assumir a construção da nova sala de espera, o processo de contratação do empreiteiro, a gestão e entrega da obra, como avança o PCA da empresa, João Leão. “Uma oportunidade para demonstrar o compromisso da Moave com a comunidade”, afirma. A empresa que comemora os 43 anos de actividade sempre preocupou-se, segundo João Leão, na realização de actividades dento de um quadro de responsabilidade social.

“Assim, é nosso entendimento que, além de realização de negócios e lucos, cabe à empresa desenvolver acções que se traduzam em benéficos para comunidade e pela construção de uma sociedade melhor”

Para a directora do hospital a obra é de grande importância. Irá superar uma carência do hospital a nível de organizações de doentes pela categoria, no âmbito do processo de triagem. E com esta nova sala de espera, que irá situar-se no espaço entre o parque de estacionamento e a actual urgência e o quartos particulares. Vai se conseguir reorganizar a triagem dos doentes não urgentes dos urgentes e também uma nova organização dos especialistas em termos de presença física.

Ana Brito acrescenta ainda que existirá uma separação dos acompanhantes e ainda de mais informações sobre os doentes aos seus acompanhantes. Espera que as obras possam iniciar-se  dentro da próxima semana e a execução da mesma pode demorar cerca de dois meses.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.