Amazon é a terceira empresa mundial a valer um bilião de dólares

5/09/2018 00:07 - Modificado em 5/09/2018 00:07
| Comentários fechados em Amazon é a terceira empresa mundial a valer um bilião de dólares

O portfólio cada vez mais diversificado da empresa de Jeff Bezos é apontado como uma das principais razões para a sua valorização.

Cerca de um mês depois da Apple ter-se tornado na segunda empresa mundial e a primeira nos Estados Unidos a chegar à valorização do bilião de dólares (861 mil milhões de euros), a Amazon seguiu-lhe as pisadas e conseguiu esta terça-feira atingir esse importante marco, segundo a CNBC.

As ações da gigante do comércio online subiram esta manhã quase 2% para os 2,050 dólares (1,722 euros), ligeiramente mais do que o que era necessário para levar a empresa de Jeff Bezos a valer um bilião de dólares.

Este marco atingido pela Amazon não surpreende os analistas, que no mês passado já destacavam que havia outras tecnológicas que deviam seguir o caminho trilhado pela Apple.

No caso da Amazon, os analistas justificam a sua crescente valorização no mercado com um portfólio cada vez mais diversificado.

“Eles deram confiança aos investidores de que podem quebrar os mercados, tal como fizeram com o retalho”, afirma Gene Munster da Loup Ventures.

Desde o início do ano, as ações da retalhista online já cresceram mais de 70% e mais do que duplicaram nos últimos 12 meses.

A PetroChina foi a primeira empresa a chegar à capitalização de mercado de um bilião de dólares, no final de 2007. Mas a euforia da petrolífera por atingir tal marco foi breve.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.