Maritza Rosabal participa na Jornada de Reflexão sobre Criança em situação de Rua

4/09/2018 00:05 - Modificado em 4/09/2018 00:05
| Comentários fechados em Maritza Rosabal participa na Jornada de Reflexão sobre Criança em situação de Rua

A Ministra da Educação  da Família e Inclusão Social, Maritza Rosabal, estará em São Vicente, no dia 04 de setembro, terça feira, onde irá participar na Jornada de Reflexão sobre Criança em situação de Rua em Mindelo. No mesmo dia, Maritza Rosabal vai encontrar-se com parceiros das organizações da sociedade civil que participaram do Programa Especial Lúdico Educativo RECREIO.

A Jornada de Reflexão sobre Criança em Situação de Rua é promovida pelo Ministério da Família e Inclusão Social, através do Instituto Cabo-verdiano da Criança e do Adolescente e em parceria com a Aldeia SOS de Cabo Verde, vai ter lugar nas instalações da Uni-Mindelo, auditório B, das 9h às 16horas.

O objetivo desta ação é proceder a uma reflexão profunda sobre a situação, que possibilite a construção de uma estratégia de Intervenção   que irá permitir garantir os direitos dessas crianças e ao mesmo tempo minimizar os efeitos sociais negativos dessa situação.

O encontro com os parceiros das organizações da sociedade civil do Programa Especial Lúdico Educativo RECREIO está agendado para o mesmo dia, 04 de setembro, pelas 17:30, na Delegação do Ministério da Educação.

Para além de uma breve conversa sobre o programa RECREIO, serão também entregues certificados de reconhecimento aos parceiros pela sua valiosa contribuição no desenvolvimento do referido programa.

O programa Recreio foi realizado em todos os concelhos pelas Delegações da Educação, em parceria com as Câmaras Municipais e organizações da sociedade civil e possibilitou o acesso de crianças e adolescentes, dos 6 a 14 anos, durante o mês de agosto de 2018, a atividades de ocupação de tempos livres.

A intervenção baseou-se no desenvolvimento de atividades lúdicas, desportivas e educativas, com a duração de três horas diárias, desenvolvidas nos recintos escolares e/ou desportivos, e a oferta duma refeição, capitalizando para tal os recursos materiais e humanos existentes nas escolas e nas comunidades.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.