Astronautas da ISS reparam fissura milimétrica numa nave russa

31/08/2018 12:05 - Modificado em 31/08/2018 12:05

Micrometeorito terá atingido nave russa que está acoplada à Estação Espacial Internacional. Fissura foi tapada com fita adesiva resistente ao calor.

O grupo de seis astronautas que está a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, sigla em inglês) detectou na quinta-feira uma quebra de pressão na cabine da estação. A causa: uma fissura de dois milímetros na nave russa Soyuz que terá sido causada pelo impacto de um micrometeorito. Ao fim do dia o problema já tinha sido ultrapassado com a ajuda de uma fita adesiva resistente ao calor.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.