PTS opõe-se á criação do MindelGolfe & Resort nos terrenos do Clube de Golfe do Mindelo

30/08/2018 21:33 - Modificado em 30/08/2018 21:33

A direcção do Partido do Trabalho Social (PTS) pretende organizar, na próxima semana,  uma reunião onde irá debater alguns temas relacionados com o terreno do Clube de Golfe do Mindelo.

Entres eles, o da transformação dos terrenos do clube de golfe (cerca de 306 hectares) num resort privado, projecto que já se arrasta desde 2007, altura em que a então direcção decidiu formar uma “sociedade” denominada MindelGolfe & Resort, SA juntamente com um promotor português. Todo o processo foi crivado de irregularidades e devidamente combatidas, até onde foi possível, por um grupo de sócios que se opôs, e opõe-se, ao que denominam de “negociata”. Esses sócios acompanharão o PTS no dia 3 de Setembro.

Vendo que a atual direcção, que tomou posse em Dezembro de 2017, continua, obsessivamente, a afirmar que vai executar esse projeto e entregar, ao desbarato, esse património histórico nas mãos de um “urubu” madeirense. O PTS identifica isso como um “perigo iminente aos superiores interesse do povo” e irá anunciar, no encontro, o projeto Parque da Cidade do Mindelo que, oportunamente, será apresentado ao Presidente da Câmara de São Vicente em alternativa à alienação irregular do património em questão.

Para Gilson Alves, líder do PTS, o  projeto Parque da Cidade servirá como o fundamento jurídico para a expropriação, por interesse público, dos terrenos afectos ao Clube de Golfe (todos os 306 hectares), com carácter de urgência, com vista a eliminar os perigos que pairam sobre o dito património público e, também, para que se dê ao povo mindelense uma área verde, única em todo o país, onde ele pode ir passear, recrear-se, descansar e pensar.

“A iniciativa jurídica de expropriação (prevista pelo Decreto-Legislativo nº3/2007, de 19 de Junho) que o PTS proporá à actual presidência da Câmara, terá todo o nosso apoio político e, estamos certíssimos, todo o apoio popular”, assegura o líder do PTS que afirma contar com o apoio de um grupo substancial de sócios do clube.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.