Álcool: entre a qualidade e o preço

28/08/2018 15:40 - Modificado em 28/08/2018 15:40
| Comentários fechados em Álcool: entre a qualidade e o preço

O consumo do álcool tem sido uma das preocupações sociais em todo o país. Isto quando o álcool é apontado como uma das principais causas de problemas sociais e de saúde. Programas têm sido levados a cabo para reduzir o consumo do álcool, como a campanha “menos álcool, mais vida”, da presidência da república. Isto quando também outras instituições tem fornecido acompanhamento a pessoas que têm tido dificuldades com esta problemática.

A qualidade das bebidas álcoolicas nacionais tem sido um imperativo, tendo vista a exportação do produto para outros mercados. Neste aspecto tem sido feito produção controlada por instituições públicas a fim de que a qualidade seja mantida, e que haja um controle sobre a produção. Uma dos desafios tem sido a manutenção da qualidade ao mesmo tempo que as instituições ligadas ao assunto tentam desencorajar a produção de bebidas de má qualidade.

O consumo de álcool entre jovens e adolescentes tem sido uma grande preocupação. A questão que se coloca neste sentido é o que fazer entre o consumo quando a qualidade se paga mais. Tomando algumas lojas por exemplo, onde a qualidade é maior assim como o preço, ao contrário de outros estabelecimentos onde a qualidade é menor o preço tende a ser mais baixo.

Por exemplo, o combate á venda de bebidas nos balaios contínua sendo uma prática em vários pontos da cidade. Isto quando a bebida álcoolica é o produto com mais saída, principalmente aos fins-de-semana. A questão é que a qualidade da bebida tem sido desvalorizada face á sua quantidade. Apesar de consumidores admitirem que a procura de qualidade é a melhor opção, acontece que a oferta tem ido num sentido diferente. Nos bares e mercearias, o apelo á qualidade não é ouvido.

Entre a qualidade e o preço, este último leva sempre a melhor. Isto quando uma das principais formas de consumir álcool é em grupo, através do famoso “repê”,  onde cada um entrega o que tem e com o montante acumulado se faz a compra. E a compra tende a recair onde rende mais, e nestes casos a qualidade tende a não ser a melhor.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.