São Vicente : IGAE garante que a alface comercializada é normal e não oferece perigo ao consumidor

28/08/2018 00:16 - Modificado em 28/08/2018 00:16
| Comentários fechados em São Vicente : IGAE garante que a alface comercializada é normal e não oferece perigo ao consumidor

Na sequência de uma denúncia nas redes sócias, em que uma dona de casa denunciava o que parecia um “alface de plástico”, num supermercado em São Vicente, a Inspecção Geral das Actividades Económicas afirma ter realizado uma minuciosa investigação, onde foram identificados o certificado fitossanitário do produto de origem portuguesa, bem como o certificado fitossanitário emitido pelos serviços à entrada do produto no país e concluí-se que o produto em conta encontra-se seguro para comercialização, obedecendo os critérios de maturação, frescura, conservação, acondicionamento e exposição.

Por isso, neste caso concreto, tranquiliza a população de São Vicente, afirmando que as alfaces que estão sendo comercializadas na ilha são seguras. Mais ainda, informa que não recebeu dos seus parceiros, quer nacionais quer internacionais, nenhuma notificação de qualquer entrada no território nacional de alfaces impróprias para o consumo, reforçando que o produto é normal e não oferece perigo ao consumidor.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.