Zimbabwe é 2º maior País com reservas de ouro do mundo

26/08/2018 22:24 - Modificado em 26/08/2018 22:24
| Comentários fechados em Zimbabwe é 2º maior País com reservas de ouro do mundo

As reservas provadas de ouro no Zimbabwe ultrapassam as 13 milhões de toneladas, o que converte este país o segundo do mundo com este recurso por quilómetro quadrado.
O governador do Banco da Reserva de Zimbabwe, John Mangudya, revelou que esta nação da África Austral tem o potencial de ganhar quatro bilhão de dólares anualmente com exportações do metal precioso que expande esse sector a plenitude.
Em declarações divulgadas segunda-feira pela imprensa local, o servidor público disse que desde a independência em 1980 o Zimbabwe sozinho tem produzido 17 toneladas por ano, o que representa pelo menos de 600 toneladas nestes 38 anos. Precisou que a produção de ouro teve seu pico em 1999 com 27,1 toneladas, mas caiu para 3,5 toneladas em 2008, no meio da crise económica que vive esta país desde começo de século. Segundo Mangudya, Zimbabwe pode impulsionar esta exploração em um curto tempo e emular com a Tanzânia, que produz 50 toneladas anuais, “temos o potencial de atingir 100 toneladas a cada ano e isso significaria o rendimento ao país de quatro bilhões de dólares, ao preço de 40 mil dólares por tonelada”. O governador assinalou que Zimbabwe conta com activos de qualidade que precisa explorar para orientar a economia para a exportação e incrementar as reservas de divisas que permitam uma transformação total da nação.
Destacou que o governo é proprietário da Corporação de Desenvolvimento Mineiro, que inclui as melhores minas do país e só lhe falta as fazer produzir.
Entre essas instalações estão as de Sabi e Jena, que tem capacidade de produzir 450 toneladas de ouro/ferro por dia e a de Elvington, que costumava produzir 45 kg mensalmente.

Zimbabwe é 2º maior País com reservas de ouro do mundo

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.