Ilha do Sal: Formação sobre as consequências individuais e socioeconómicas do uso excessivo do álcool

26/08/2018 20:08 - Modificado em 26/08/2018 20:08

Decorre, na ilha do Sal, nos dias 27 e 28 de Agosto na ilha do Sal, uma acção de formação para agentes de fiscalização e controlo sobre o papel da fiscalização preventiva e as consequências individuais e socioeconómicas do uso excessivo do álcool. Esta formação é promovida pela Comissão de Coordenação do Álcool e outras Drogas (CCAD) em parceria com a Inspeção Geral das Atividades Económicas (IGAE) e a Organização Mundial da Saúde (OMS), no âmbito do Plano Anual de Atividades deste ano em curso. Este acto decorre, na Sala Maria Clara do Comando Regional da Polícia do Sal e tem como objetivo capacitar os Agentes de Fiscalização e Controlo, no intuito de contribuírem para o reforço da prevenção do uso do álcool e melhoria da fiscalização do consumo de bebidas alcoólicas na população geral, com destaque para menores de idade, assim como pessoas que se apresentem notoriamente embriagadas ou que aparentem possuir alguma anomalia psíquica.

Recorde-se que a mesma formação já foi realizada nas ilhas de Boavista, Fogo, Santo Antão e São Vicente.

No dia 28 de Agosto pretende-se, ainda, realizar uma acção de sensibilização junto de gerentes e barmens sobre a abordagem dos clientes sob o efeito do álcool, bem como os modos de intervenção na sua prevenção. Tal acção está marcada para as 9h00, na Sala de Reuniões da Delegacia de Saúde do Sal em Espargos.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.