IPC promove formação em arqueologia subaquática

22/08/2018 01:18 - Modificado em 22/08/2018 01:18
| Comentários fechados em IPC promove formação em arqueologia subaquática

O Instituto do Património Cultural promove em parceria com a Universidade Nova de Lisboa, através da CHAM e da Cátedra da Unesco – o Património Cultural dos Oceanos, uma formação em arqueologia subaquática, esta quarta-feira, 22.

A formação destinada aos técnicos do IPC e à Comissão para a Valorização do Património Cultural Subaquático, recém-criada pela resolução do Conselho de Ministros, é realizada no âmbito da execução da 2ª fase do projecto de arqueologia subaquática CONCHA que decorre no país até finais de Agosto.

O projecto CONCHA explica as diferentes formas pelas quais as cidades portuárias se desenvolveram em torno da borda do Atlântico no final do século XV e início do século XVI em relação aos diferentes ambientes ecológicos e económicos globais, regionais e locais.

Para além de organizar oficinas académicas e publicações, o projecto pretende educar envolvendo o público em pesquisas históricas com uma série de conferências e exposições, auxiliando as instituições públicas no desenvolvimento da conservação do património e do turismo.

Cabo Verde integra o projecto CONCHA através do Instituto do Património Cultural (IPC), juntamente com a Universidade Pablo de Olavide, Old Dominion University, Observatório do Mar dos Açores, (OMA) – Trinity College Dublin Global, Associação para as Ciências do Mar, Universidade do Norte Mar, Ambiente e Pesca Artesanal, Universidade Federal de Sergipe e Eveha International.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.