Câmara Municipal passa a ser responsável pela venda de areia no Lazareto

21/08/2018 12:38 - Modificado em 21/08/2018 12:38

A venda de areia passará a ser efectuada pela Câmara Municipal de São Vicente até que o local seja adjudicado a um privado. A garantia foi dada, esta manha, pelo delegado do Ministério da Agricultura e Ambiente, numa conferência de imprensa no Lazareto, sobre a extracção de areia nesta localidade.

Conforme foi prometido em Julho, o delegado do MAA em São Vicente garantiu que já tem stock de areia para fornecimento para construção civil e que ficam criadas todas as condições para evitar acidentes na extracção de areia.

De acordo com Vitorino Silva, o inicio do fornecimento seguro de areia no Lazareto já se encontra normalizado, uma vez que já estão criadas todas as condições para precaver acidentes na extracção do material e, em simultâneo, fica garantido a disponibilidade de areia para construção civil na ilha.

Para tal, assegura a mesma fonte, foram demolidos todos os bancos de areia e o sítio de extracção de areia foi fechado. “A extracção nos moldes anteriores não vai ser permitida e a fiscalização das forças armadas vai ser mantida”.

“Foi criada uma reserva de mais de 2.500 metros cúbicos de areia disponibilizada, para a venda, pela Câmara para a construção civil de forma segura”, explica Vitorino Silva.

Trata-se, segundo o delegado do MAA, de uma solução provisória, enquanto a extracção de areia na localidade não for adjudicada a uma entidade privada competente. Em relação á segurança, o local terá a fiscalização dos militares, como tem vindo a acontecer, e será reforçado muito em breve, até que seja adjudicado a um privado para exploração, garantiu Vitorino Silva que avança ainda que o processo do concurso está em andamento e logo, “as areias de Lazareto estará a ser explorado”.

Carla Monteiro, Vereadora do Ambiente da Câmara de São Vicente, explica que as condições de venda são definidas pela edilidade, conforme protocolo assinado entre a Direcção Nacional do Ambiente e a edilidade.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.