OGE 2013: ” governo deveria diminuir as suas despesas de funcionamento”

23/11/2012 00:34 - Modificado em 23/11/2012 00:34
| Comentários fechados em OGE 2013: ” governo deveria diminuir as suas despesas de funcionamento”

O MpD já explicitou a sua contrariedade ao Orçamento de Estado para 2013. O partido defende que com este documento haverá uma diminuição do rendimento das famílias, “sobretudo atendendo a um enorme aumento dos impostos”, como explica a deputada nacional do partido Orlanda Ferreira. O governo prevê no documento um aumento da aceleração das receitas fiscais em 18,5 por cento. O relatório de política monetária do Banco de Cabo Verde revê essa taxa para sete por cento no total.

 

Em forma de sugestão, a deputada do MpD avança que o governo “deveria com este orçamento, diminuir as suas despesas de funcionamento”, despesas que sofrem um aumento que ronda os 34 por cento na aquisição de bens e serviços. Para Orlanda Ferreira há que reforçar o papel do sector privado e que o principal sector da economia está sufocado pelas políticas do governo. “E quando me refiro ao sector do turismo não me estou a referir simplesmente à actividade hoteleira”, explica Orlanda Ferreira.

 

Referindo-se ao aumento do desemprego nos últimos anos, a deputada questiona: “Com todos os investimentos e com todo o endividamento, quais são os resultados”. E Considera a projecção de crescimento do PIB em 4,5 por cento insuficiente para fazer face aos desafios do país.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.