Richie Campbell encerra Festival da Baia, com actuação electrizante

13/08/2018 06:07 - Modificado em 13/08/2018 06:08
| Comentários fechados em Richie Campbell encerra Festival da Baia, com actuação electrizante

O encerramento da 34ª edição do festival Internacional de Música Baia das Gatas esteve a cargo do cantor de reggae, o português, Richie Campbell acompanhado, sempre animado e apoiado pela  911 Band, o músico agarrou o público do início ao fim da atuação, nesta madrugada de segunda-feira, (13), terceiro e último dia do festival. Essa foi a primeira vez que Richie Campbell se apresentou no evento.

Os amantes de reggae de plantão não arredaram o pé enquanto o cantor estava no palco. Este que foi um show descrito pelos presentes, como arrepiante e que conquistou todos os presentes no areal da baia, que vibraram com a energia electrizante do cantor que fez a sua estreia neste palco e amealhar ainda mais fãs. Bem à vontade com o público, ele fez alguns jogos que foram rapidamente respondidos.

Ao ritmo do reggae, foi assim que começou e terminou a noite, a cantar e a encantar os presentes, com esta sonoridade que o deu a conhecer como cantor, mas também com outros estilos pelo meio. Com uma energia contagiante, do inicio ao fim, ele que é também desde há muito uma das  estrelas do universo pop rock português.

Com sucessos como “That”s How We Roll”, o músico que se deu a conhecer ao público em 2011, “incendiou” o público presente, que cantou e participou das brincadeiras, e descreve-o como um dos públicos mais interativos para quem teve o privilégio de atuar.

Ele que ainda teve chance de cantar com Nelson Freitas que tinha actuado e foi a vez de o público dançar ao som do hit ” Break Of Dawn”.

Eram duas da madrugada desta segunda-feira, quando o artista terminou a sua atuação, que lhe rendeu muitos aplausos por ter levado ao rubro, em conjunto com o The 911 Band, os festivaleiros.

A primeira edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas realizou-se a 18 de Agosto de 1984, tendo sido apenas interrompido em 1995 por causa de uma epidemia de cólera em Cabo Verde.

O certame, de prestígio internacional, é realizado na Baía das Gatas, a cerca de oito quilómetros da cidade do Mindelo, capital da ilha de São Vicente.

EC

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.