Ministro do Desporto deseja boa sorte à Selecção de Basquetebol de Sub-18

8/08/2018 07:05 - Modificado em 8/08/2018 07:05
| Comentários fechados em Ministro do Desporto deseja boa sorte à Selecção de Basquetebol de Sub-18

A Selecção Nacional Cabo-Verdiana de Basquetebol de Sub-18, aterra esta quarta-feira, 08, em Maputo, Moçambique, onde, pela primeira vez, irá participar nos Jogos Afrobasket que decorrem de 10 a 18 de Agosto. Antes da partida, a selecção foi recebida pelo Ministro do Desporto cabo-verdiano, Fernando Elísio Freire que augurou uma boa participação nesta prova continental.

Esta é a primeira vez na história que uma selecção nacional de basquetebol das categorias de formação de Cabo Verde, participa numa prova continental, motivo mais que suficiente para uma visita ao gabinete do Ministro do Desporto na hora da despedida rumo a Moçambique. O desporto em Cabo Verde está em alta devido aos vários feitos alcançados nos últimos tempos tanto nos jogos da CPLP como nos Jogos Africanos da Juventude. Desta feita, prepara-se a selecção de basquetebol de sub-18, para a sua primeira aparição numa competição de elevado estatuto.

Durante a visita feita nesta terça-feira pela delegação cabo-verdiana ao gabinete do Ministro do Desporto, Fernando Elísio Freire, o mesmo enalteceu o engajamento do Governo em apoiar a participação dos escalões de formação em provas internacionais, frisando que a selecção de sub-18 já está fazendo história, pois esta é a primeira participação de uma selecção nacional de formação numa competição continental.

“Vocês são o orgulho de todos os jovens sub-18 que praticam basquetebol, por isso, representem Cabo Verde com honra, fair-play, força, carácter, determinação e persistência, para defenderem os valores da história dos vossos pais e dos cabo-verdianos”, afiança o MD que realça ainda o grande trabalho feito pelo Presidente da Federação Cabo-verdiana de Basquetebol, Mário Correia, na reformulação e redinamização do basquetebol feminino no país. Por fim, Fernando Elísio Freire, diz-se confiante que com “garra e brio intrínseco” aos cabo-verdianos, elas saberão “dignificar” o país, enaltecendo toda a nação cabo-verdiana que irá apoiar mais esta representação nacional numa competição africana.

A comitiva nacional é composta por 18 elementos, fazendo parte ainda a equipa técnica liderada pela treinadora Ayline Pires. De referir que participam no Afrobasket 2018, oito selecções africanas: Cabo Verde, Moçambique, Mali, Angola, Egipto, República Democrática do Congo, Ruanda e Uganda.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.