Polivalente Ribeira de Craquinha: População insatisfeita e vereador reconhece e promete polivalente antes do fim do ano.

7/08/2018 02:33 - Modificado em 7/08/2018 02:33
| Comentários fechados em Polivalente Ribeira de Craquinha: População insatisfeita e vereador reconhece e promete polivalente antes do fim do ano.

O polivalente da Ribeira de Craquinha é uma obra da CMSV iniciada há mais de um ano, mas que ainda não viu a sua conclusão. Facto que desagrada os moradores e praticantes da zona. A insatisfação da obra é pela sua não conclusão e, portanto, sem efeito e sem benefício para os moradores. Um espaço disponível para a juventude para a prática do desporto é uma necessidade reconhecida pelas pessoas e também um espaço para a prática de exercícios físicos perto de casa. O pedido para a sua conclusão é geral.

O Vereador do Pelouro do Desporto, Anildo Jesus, reconhece os constrangimentos que a paragem da obra tem provocado à população, lamentando o tempo de espera das pessoas para que tenham o polivalente disponível para o uso e a prática do desporto. Apesar de reconhecer o atraso para o término da obra, avança que a obra não foi abandonada.

“Infelizmente, tivemos alguns constrangimentos. A obra é feita juntamente com o parceiro, pelo que tivemos um ligeiro atraso. A parceira era para ser actualizada”. E esta actualização, como o vereador informa, está a ser feita com um empresário da zona para que, até ao fim do ano, o campo possa estar pronto e disponível para as pessoas.

“A bancada e a vedação estão prontas, falta o pavimento e já falámos com o parceiro. A Câmara tem que contar com alguns parceiros. O mesmo parceiro está a trabalhar na zona de Fernando de Pó e estamos a renegociar a parceira para dar continuidade aos trabalhos”.

O vereador reitera a aposta da edilidade no desporto e pede mais um “bocadinho de paciência aos praticantes, que têm toda as razões para reclamarem da não conclusão da obra”, reiterando que foi algo contra a vontade do executivo.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.