Planalto Leste: Primeiro-ministro anuncia investimentos de  60 mil contos

1/08/2018 01:02 - Modificado em 1/08/2018 01:16
| Comentários fechados em Planalto Leste: Primeiro-ministro anuncia investimentos de  60 mil contos

O anúncio foi feito esta terça-feira, em Santo Antão, pelo Primeiro-ministro que se encontra de visita à ilha, para se inteirar da situação do Planalto Leste após o incêndio florestal que consumiu perto de 200 hectares de floresta (área correspondente a 200 campos de futebol), que aconteceu na passada sexta-feira, 27.

O investimento deste montante tem como objectivo a recuperação e o reforço da protecção civil, reposição das canalizações de água destruídas e restauração das áreas agrícolas e ainda repor, a curto e médio prazo, a normalidade no Planalto Leste, cuja floresta foi devastada pelo fogo.

Entretanto, de acordo com a Inforpress, o Executivo vai mobilizar de imediato 50 por centro desse financiamento para repor a normalidade no Planalto Leste, cujo perímetro florestal deve demorar pelo menos cinco anos a ser recuperado, do ponto vista ambiental.

O Primeiro-ministro disse ter confirmado “os estragos evidentes” registados na floresta do Planalto Leste (200 hectares da área florestal foram consumidos pelo fogo) e regozijou-se pela detenção do suposto autor de fogo posto que originou o incêndio, felicitando as autoridades policiais pela “intervenção rápida e assertiva” nas investigações.

“Casos desses devem ser castigados exemplarmente para que não façam escola de impunidade”, avançou o Chefe do Governo que disse ainda ter ficado convencido, por aquilo que constatou no local, de que se fez um bom combate às chamas.

Ulisses Correia e Silva garantiu que parte do contingente militar vai permanecer “ainda por alguns dias” no Planalto Leste e admitiu a possibilidade de, a partir de agora, haver “uma presença regular” das forças armadas em Santo Antão, “sobretudo nos períodos susceptíveis de haver incêndios florestais”, para assegurar a vigilância da floresta.

Os autarcas de Santo Antão tinham sugerido ao Governo a colocação de um destacamento militar no Planalto Leste, no quadro das medidas do reforço da vigilância nessa reserva florestal, declarada como tal desde 1990.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.