Santo Antão: Governo vai fortalecer apoio aos lavradores afectados pelo incêndio no Planalto Leste

31/07/2018 00:13 - Modificado em 31/07/2018 00:15
| Comentários fechados em Santo Antão: Governo vai fortalecer apoio aos lavradores afectados pelo incêndio no Planalto Leste

Devido ao incêndio que assolou o Planalto Leste na sexta-feira, 27, e que destruiu por completo as plantações e o pasto para os animais dos camponeses locais, o Governo, através do Ministério da Agricultura e Ambiente liderado por Gilberto Silva, comunicou que irá reforçar o apoio junto destes para ajudar a melhorar as condições.

O incêndio que queimou muitos hectares de terrenos agrícolas e celeiros de pastos para os animais, deixou em apuros muitos camponeses das localidades de Escovadinha, Curral da Russa e Morro de Vento, que viram as chamas consumirem por completo o que tinham conseguido cultivar no decorrer deste ano agrícola, ou seja, o pouco que obtiveram e com grande esforço. Na tentativa de poder colmatar estes problemas, o Ministro da Agricultura e Ambiente, Gilberto Silva, que se encontra em Santo Antão numa visita de quatro dias juntamente com o Ministro da Administração Interna, Paulo Rocha, afirmou que o Governo está a criar as condições necessárias para ajudar os criadores de gado, com o reforço da disponibilidade para os alimentos dos animais.

Com as plantações de feijão completamente perdidas devido às chamas, Gilberto Silva assegura que o seu Ministério vai ver junto das duas estruturas em Santo Antão, a forma como deverá ser feita a ajuda a estes agricultores que viram as chamas consumirem tudo o que tinham cultivado. Porém, o aproximar-se do período das chuvas, é um cenário que a ver do Ministro, poderá ser benéfico para os agricultores.

As últimas avaliações feitas nos locais onde ocorreu o incêndio apontam para uma área queimada de 200 hectares, igual a 200 campos de futebol e, segundo Gilberto Silva, trata-se de um “grande estrago” que levará mais de cinco anos a ser restaurado.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.