Milton Cunha: “A parte mais complexa do Carnaval de  São Vicente é a sua música”

31/07/2018 00:09 - Modificado em 31/07/2018 00:09
| Comentários fechados em Milton Cunha: “A parte mais complexa do Carnaval de  São Vicente é a sua música”

De volta a São Vicente, a participar nesta segunda edição do Workshop de carnaval de São Vicente, o comentarista da Globo, Milton Cunha, que a semelhança do ano passado, volta com o painel da história e cultura do carnaval carioca e também a direcção de harmonia e organização das alas, diz que o plano das actividades que se iniciam esta terça-feira, tem como objectivo aprimorar o que foi dado no ano passado, ou seja, trabalhar os temas com maior profundidade.

Milton Cunha acredita que este ano, o dialogo estará assente em como melhorar esta profundidade e saber trabalhar a experiencia do carnaval do Rio de Janeiro com o carnaval de São Vicente. “Os participantes já sabem como é o carnaval do Rio, as aulas anteriores serviram para este propósito”, diz Cunha afirmando que com as bases estabelecidas o foco é a parte técnica.

Portanto estabelece que “o bom de tudo isso “é que, é um dialogo de cultura e ninguém ensina ninguém, todo mundo troca informações. Isto tendo em conta os dois modelos, o cabo-verdiano e o brasileiro e ver de que forma as coisas servem ou não para reafirmar a força do estilo cabo-verdiano, o importante é isso, estilo Mindelo, São Vicente, destaca Milton Cunha.

Por outro lado, diz que no ano passado tiveram a perceção de como se brinca o carnaval em São Vicente e o destaque, segundo este comentarista, a parte mais complexa da festa do Rei Momo em São Vicente é a sua música, em comparação ao Brasil, com variações rítmicas que cobram do “desfilante” uma troca de ritmo de cadencia.

Para ele, a parte a parte visual está num bom caminho, mas ainda precisa evoluir muito, isso sem descurar do trabalho feito pelos artistas locais. No entanto, garante que é preciso um maior empenho no figurino do que na alegoria.

São 42 pessoas, incluindo o músico Dudu Nobre, que igualmente irá participar no Festival Baia das Gatas, à semelhança do ano passado, que estarão durante os próximos dias para os preparativos do evento Carnaval de Verão no arquipélago, cuja meta da autarquia e organização é trazer turistas de todos os países do mundo para Cabo Verde. Uma forma de aproveitar o forte potencial existente.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.