Paul: criança morre de uma queda de quase 40 metros após tropeçar numa abertura entre cortinas

23/07/2018 07:22 - Modificado em 23/07/2018 07:22
| Comentários fechados em Paul: criança morre de uma queda de quase 40 metros após tropeçar numa abertura entre cortinas

A morte de Anderson Fortes Lopes de 11 anos, em Ribeira das Pombas, Paul, na sexta-feira, 20, causada por uma queda de quase 40 metros ao tropeçar numa abertura entre cortinas na berma da estrada, deixou em estado de alerta a população que agora pede às autoridades para reverem o processo de colocação de barras de ferros entre as cortinas.

Como nos foi informado por moradores locais, esta já não é a primeira vez que acontecem episódios do género, onde por pouco não se perderam vidas humanas, causados por quedas nos espaços que ligam as cortinas nas estradas que são feitas por barras de ferros na parte baixa das estruturas.

“Este já não é o primeiro caso do tipo aqui no Paul mas, desta vez, perdeu-se uma vida humana na flor da idade. É preciso urgentemente que as nossas autoridades tomem uma posição sobre isso, porque há algumas estradas onde a altura é muita e uma simples queda numa destas estruturas de metal, poderá levar à morte imediata, como sucedeu com esta criança”, assinala a este Online, Jorge Pires, morador no Paul.

Por sua vez, Maria Conceição, mostrando-se completamente inconsolável com a morte de Anderson, pede urgentemente que algo seja feito no sentido de melhorar as condições nas cortinas, para não serem perdidas mais vidas humanas. “É inconcebível e lamentável perder a vida desta maneira e tão novo assim. Peço a quem de direito que veja o que é necessário ser feito, no sentido de darem mais segurança aos peões. Mesmo que por um descuido haja um tropeção, haverá condições para não deixar a pessoa cair nestas ribeiras, que para além de serem altas, têm muitas pedras que poderão causar danos graves e mortais”, assegura esta moradora.

O corpo de Anderson foi a enterrar sábado, 21, no Cemitério do Paul.

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.