CMSV  cria Festival  Cesária Évora na  Baía das Gatas a ser realizado no mês de Dezembro

18/07/2018 07:46 - Modificado em 18/07/2018 07:46

A praia da Baía das Gatas  vai receber mais um festival de música . O Festival Cesária Èvora  que será realizado todos os anos no mês de Dezembro . Assim a zona balnear passará a ter  tres festivais anuais . A ideia é a de potencializar os investimentos a serem realizados no local., segundo o Presidente Augusto Neves

“Já tínhamos todos os anos o Festival da Baía das Gatas em Agosto, onde durante três dias, a praia conhece uma movimentação fora de série e, este ano, em Abril, foi introduzido o Festival da Juventude que arrastou milhares de pessoas para o areal e que veio para ficar e, agora, vamos ter mais um festival, o Festival Cesária Évora, em Dezembro, com o objectivo de trazer para o palco da Baía, músicos que já estiveram com a cantora”, declara o edil para quem será “uma coisa muito bonita”, numa altura em que estarão na ilha muitos  emigrantes.

A ideia, caracterizou Neves, é uma forma de levar mais dinâmica à Baía das Gatas e mostrar que, pouco a pouco, se foram criando condições neste espaço para que fossem optimizados no máximo os investimos feitos e que serão materializados com mais dois projectos: a reabilitação e asfaltagem da estrada cidade – Baía e a requalificação e reabilitação da estância turística.

Segundo o edil, este é um propósito enquadrado no projecto de requalificação da praia pelo que não é concebível fazer um enorme investimento no palco e uma série de obras para uma única actividade no ano.

Ainda sobre o Festival da Juventude que acontece no âmbito das festas de celebração do dia da cidade do Mindelo, o autarca mindelense perspectiva que a próxima edição vai ser  “uma explosão, isso porque a cidade celebra os 140 anos.

Continuando na temática cultura, destaque ainda para a festa de final de ano que, conforme deixa saber, tem crescido de ano para ano, o que caracteriza como algo de “fabuloso”.

Uma aposta na cultura e nos eventos

Outra actividade que também merece destaque é o Kavala Fresk Feastival, evento realizado no sábado passado, 15 de Julho, em que a CM é uma “grande” parceira. Já ultrapassou as fronteiras e continua a crescer de “forma organizada e coerente”, precisou Augusto Neves, realçando a importância que estes eventos culturais têm para a economia da ilha.

Também para Agosto está agendado o Mindel Summer Jazz que traz para a ilha “o jazz puro e artistas de Cabo Verde e de São Vicente, para um espectáculo diferencial”, sem contar com o Mindelact, cada vez mais forte entre outras actividades, o Carnaval do Mindelo e, a suceder à festa do Rei Momo, o Carnaval de Verão que também tem vindo a ganhar o seu espaço.

À semelhança de outros países, Neves acredita que é possível que São Vicente “seja uma potência graças à nossa cultura”.

“Temos feito dentro do nosso plano de projectos, um trabalho no sentido de melhorar a economia da ilha, pensando profundamente na nossa cultura e temos dado uma atenção especial a vários sectores, por exemplo, ao Carnaval, que é hoje uma satisfação. Vê-se toda a sua evolução e como está ultrapassando as fronteiras do país com a ajuda e graças ao empenho de todos”.

  1. Francisco Andrade

    No dia que o povo acordar..Muitos politicos não conseguirão dormir. Daqui a pouco vou criar um Movimento Basta.
    BASTA DE festivais

  2. Lils@gmail.cv

    GOSTARIA DE SABER O ORCAMENTO DESSES FESTIVAIS.
    OS POLITICOS QUEREM ENGANAR O POVO COM FESTAS, E AS CONDICOES DE SAUDE SAO PRECARIAS. NAO ADMIRO PORQUE TEMOS FILAS NO HOSPITAL..MUITAS PESSOAS ACAMADAS DEVIDO AO USO ABUSIVO DO ALCOOL…MAS OS POLITICOS NAO ESTAO NEM AI. TEMOS UMA ALTA TAXA DE ABANDONO ESCOLAR, ALUNOS QUE NAO PAGAM A PROPINA E VAO PARA O FESTIVAL DE JUVENTUDE.. FESTIVAL PATROCINADA POR UNS POLITICOS SEM DEMENCIA. QUANTO A EDUCACAO A CMSV NAO TEM UM PROGRAMA.. NAO PROMOVE FORMACOES DE EMPREENDEDORISMOS AOS JOVENS DESEMPREGADOS E VEM COM ESTA “ESTE FESTIVAL IRA MOVIMENTAR A ECONOMIA” . HAJA PACIENCIA

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.