Wladmir Brito considera que  a ratificação do SOFA  é a  capitulação de Cabo Verde perante os EUA

9/07/2018 07:21 - Modificado em 9/07/2018 07:21
| Comentários fechados em Wladmir Brito considera que  a ratificação do SOFA  é a  capitulação de Cabo Verde perante os EUA

 O constitucionalista cabo-verdiano Wladmir Brito , conhecido  com o pai da Constituiçao, numa entrevista ao jornal Anaçao diz ter ficado “pasmado e chocado com a ratificação, na semana passada, pelo Parlamento, do tratado de cooperação militar entre Cabo Verde e Estados Unidos da América (EUA) “. No seu entender a Assembleia Nacional “ extravasou as suas competências ao alienar a soberania jurídica de Cabo Verde em favor dos EUA, através da ratificação do SOFA“ Vai mais longe e retira consequencias  desse acto “ os deputados deixaram de ter a legitimidade para representarem os cabo-verdianos e espero que o Presidente da República e o Tribunal Constitucional venham a inviabilizar a implementação do referido tratado. “  Wladmir Brito  questiona a soberania de Cabo Verde depois da entrada em vigor desse acordo   que considera ser a  “capitulação de Cabo Verde perante um outro país, no caso a potência mundial que é os EUA”.

Para Wladmir Brito, está-se perante uma “questão grave e inconstitucional” e afirma “não compreender” como é que o Parlamento aceita aprovar tal tratado sem que ninguém, num universo de 54 deputados presentes, tenha votado contra.

A votação teve 34 votos favoráveis do Movimento para a Democracia (MpD-poder), e 20 abstenções, sendo 17 do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) e três da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID), ambos da oposição.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.