Heldon assina contrato de três anos com o Aita Awoun Saudi FC da Arábia Saudita

4/07/2018 06:45 - Modificado em 4/07/2018 06:45

O extremo internacional cabo-verdiano Heldon Ramos, de 29 anos, deixou em definitivo o Sporting Clube de Portugal e assinou um contrato válido por três anos com o Aita Awoun Saudi FC da Arábia Saudita.

O clube lisboeta, através de um comunicado oficial, notificou que o jogador salense “Nhuck” foi vendido por 250 mil euros o que equivale a 25% do passe do atleta. O clube assegura ainda que detém 75% do passe do jogador, sendo que numa futura transferência, o Sporting garantirá mais de metade do montante que o clube saudita conseguir pelo cabo-verdiano.

Numa altura em que tudo apontava para a transferência do jogador a título definitivo para o Erzurumspor da Turquia a troco de 300 mil euros, onde inclusive o processo da transferência estava em andamento faltando apenas ultimar pormenores junto da SAD verde e branca, o destino do internacional cabo-verdiano vai passar pela Arábia.

Natural da ilha do Sal, Nhuck representou na última época o Vitória de Guimarães, tendo realizado 36 jogos e apontado seis golos. A vontade do jogador, como realçou no final da época, era o de continuar a representar o clube minhoto, mas as propostas em cima da mesa levaram o cabo-verdiano a prosseguir a sua carreira longe de Portugal, onde se destacou no Marítimo, tendo depois rumado ao Sporting em 2014, clube onde assinou um contrato válido por cinco épocas, com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros.

Sem nunca conseguir impor o seu futebol em Alvalade, “Nhuck” foi emprestado primeiramente ao Córdoba de Espanha, depois ao Rio Ave e, por fim, ao Vitória de Guimarães. Desta feita, sem contar nos planos do novo treinador para a época que se avizinha, Heldon dá novo rumo na sua carreira futebolística, onde irá ser orientado pelo treinador português Pedro Emanuel.

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.