Universal e HP criam novo serviço de streaming e download de música

18/11/2012 22:37 - Modificado em 18/11/2012 22:37
| Comentários fechados em Universal e HP criam novo serviço de streaming e download de música

Já não adquirimos nem ouvimos música como antes da grande revolução digital – no mesmo dia em que um artista lança um novo trabalho, é possível ouvi-lo no computador, em casa. Foi para tentar responder a esta mudança de hábitos que a editora Universal Music criou agora um novo serviço com a HP, o HP Connected Music, que permite aceder gratuitamente por 90 dias ao catálogo completo da Universal mas também a possibilidade de ganhar entradas em concertos exclusivos ou viagens para conhecer artistas. Em Portugal, o serviço será apresentado ainda este mês.

 

Não sendo uma novidade absoluta no mercado da música, o HP Connected Music – que está disponível nos novos computadores da marca com o sistema operativo Windows 8 – pretende aproximar o utilizador do artista para “criar intimidade”, como descreveu o responsável da Universal, Olivier Robert-Murphy terça-feira à noite em Paris.

 

“Toda a gente nesta área fala de compromisso”, explicou, reflectindo as dificuldades que o sector está a ter na adaptação aos novos hábitos de consumo da música. “Eu acho que estão errados e é por isso que queremos dar um passo em frente. Não se trata de compromisso, mas sim de criar intimidade.”

 

Na apresentação, Robert-Murphy explicou que o que distingue o HP Connected Music de outros serviços de streaming de música de várias editoras como o Spotify – não disponível em Portugal – é a aposta nas experiências que envolvem os artistas. “Não é só o streaming e o download gratuito das músicas, mas a possibilidade de ganhar convites para concertos ou ir almoçar a Los Angeles com um artista”, exemplificou o responsável da editora, que tem no catálogo artistas como Lady Gaga, Lana del Rey, Rolling Stones e, mais recentemente, os Beatles, depois de a Universal ter comprado a EMI.

 

A parceria entre a Universal e a HP, que foi celebrada com um concerto exclusivo dos norte-americanos No Doubt, numa experiência como a que as duas empresas querem promover para os utilizadores, está garantida por um ano, podendo ser renovada.

 

Assim, quem agora adquirir um equipamento HP novo pode registar-se no site do serviço e durante 90 dias terá acesso ilimitado ao catálogo da Universal para ouvir quantas músicas quiser e descarregar mensalmente dez canções. Depois do período experimental dos 90 dias, a HP passará a cobrar pelo serviço, não estando ainda o valor definido. O PÚBLICO sabe que a mensalidade se fixará entre os cinco e os dez euros.

 

Esta é uma forma de a HP marcar o seu lugar no mercado tecnológico e dos computadores pessoais, tentando com este serviço, concebido para a região EMEA – Europa, Médio Oriente e África -, e através da música, captar a atenção de um público mais jovem.

 

Para melhor explicar esta aposta, Olivier Robert-Murphy recorreu a números: “No marketing, 97% das pessoas acredita que a música dá força à mensagem. E o que seria de nós sem a música?”.

 

 

 

cm.pt

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.