Manifestantes ocupam um edifício do Senado nos EUA em protesto

29/06/2018 02:10 - Modificado em 29/06/2018 02:12
| Comentários fechados em Manifestantes ocupam um edifício do Senado nos EUA em protesto

Protesto surge na sequência da política de “tolerância zero”, que levou à separação de crianças dos pais.

Um grupo de manifestantes ocupou esta quinta-feira um dos edifícios do Senado norte-americano, concretamente o Hart Senate Office Building.

O grupo composto maioritariamente por mulheres, segundo a Reuters, entrou no edifício e sentou-se já na zona de entrada, num protesto contra a política anti-migratória dos Estados Unidos.

Os manifestantes sentaram-se no chão e embrulharam-se em tapetes térmicos, tapetes em tudo semelhantes aos que foram distribuídos a crianças separadas dos pais, em imagens que correram mundo nas últimas duas semanas.

Recorde-se que os Estados Unidos, por iniciativa da Casa Branca, optaram por uma política de “tolerância zero”, em que crianças junto à fronteira com o México foram separadas dos pais, mesmo em casos em que os pais eram requerentes legais de asilo.

A política de separação de famílias foi duramente criticada nos mais diversos quadrantes, incluindo pelo conselho para os Direitos Humanos da ONU – órgão do qual os EUA se retiraram posteriormente, merecendo aplausos de Israel.

No início desta semana, números da mesma Reuters referiam que cerca de 500 crianças já tinham sido devolvidas aos pais, isto após Donald Trump ter revogado a política da sua administração. Havia ainda outras duas mil crianças à espera de serem entregues aos pais.

 

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.