Sandra Bullock já pediu para ser demitida após situação indesejada

19/06/2018 08:08 - Modificado em 19/06/2018 08:08

A atriz deparou-se com uma atitude desagradável logo no início da carreira, como revelou recentemente numa entrevista.

Sandra Bullock confessou recentemente que já chegou ao ponto de pedir para ser demitida, depois de ter enfrentado uma situação indesejada. Algo que aconteceu logo ao início da carreira.

“No início da minha carreira lidei com uma situação num filme que foi difícil. Veio de uma pessoa que era superior a mim. Tentei mantê-la afastada com humor, mas não funcionou. Chegou a um ponto em que disse: ‘Por favor, demite-me’. Foi uma lição. Depois disso, removi qualquer ato que pudesse ser interpretado como sexual”, contou.

A atriz, de 53 anos, referiu que este episódio não foi com Harvey Weinstein, mas admitiu que teve sempre “medo” do produtor por causa da sua reputação.

“Ouvi falar de Harvey e fiquei com medo dele. […] Aprendi cedo a evitar que essas coisas chegassem até mim. Só ouvia o que o Harvey queria que as pessoas ouvissem, e isso deixou-me irritada. As pessoas diziam: ‘Bem, sabes como é que ela conseguiu aquele papel? Envolveu-se com o Harvey’. Eu dizia: ‘Cala a boca. Tu não sabes isso’. Então, mais tarde, descobri que as mulheres foram brutalmente atacadas… Elas não dormiam com o Harvey, ele queria era que as pessoas pensassem isso”, explicou.

Recorde-se que foram muitas as mulheres de Hollywood que acusaram Harvey Weinstein de abuso e assédio sexual.

 

Comente a notícia

Obrigatório

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.