Carla Monteiro: “Trabalhar na limpeza urbana. A cidade  está limpa “

14/06/2018 07:45 - Modificado em 14/06/2018 19:02

Para a Vereadora do pelouro do Ambiente e Saneamento da Câmara Municipal de São Vicente, a edilidade “preocupa com o especto visual, e físico” da ilha, e neste sentido tem desenvolvido várias atividades para este efeito.

Segundo Carla Monteiro a edilidade vêm trabalhando com normalidade, na higiene urbana, manutenção da rede pública de esgotos, manutenção e criação de novos espaços verdes entre outros, para melhorar a imagem da cidade. Além destas ações a aposta na sensibilização, tem sido outro ponto considerado importante pela vereadora, assim como também o especto mais difícil, sendo o aspeto que a edilidade tem que encetar mais esforços para controlar, isto é, a ação das pessoas.

As atividades descritas por Carla Monteiro centram-se em equipas de limpeza pública, presente no centro da cidade e nos diversos bairros, para cuidar da limpeza urbana, e pronta para atuar na resolução de casos pontuais.

Sendo que a aposta visa melhorar os serviços e a proteção dos trabalhadores, a Câmara Municipal tem feito investimentos neste sentido, e durante as comemorações do Dia Mundial do Ambiente a Edilidade apresentou dois novos camiões compactadores de recolha de resíduos sólidos urbanos (RSU), assim como equipamentos de proteção individual (EPIs) para os trabalhadores.

Neste sentido, para além dos dois camiões compactadores de recolha de RSU, está para chegar no Porto Grande do Mindelo, um carro de desobstrução de esgotos. Também se encontra em curso um concurso público para aquisição de mais dois   camiões compactadores, uma de desobstrução de menor porte, um camião cisterna para rega, carretas para limpeza pública e contentores.

Em relação aos trabalhadores dos diferentes setores, mais uma vez a Câmara Municipal disponibilizou equipamentos de proteção individual, de forma a executarem em segurança o trabalho, e brevemente receberão formação em higiene e Segurança no Trabalho.

E como revela Carla Monteiro os projetos têm sido realizados através do fundo do Ambiente, investimentos que rondam os cento e quarenta milhões de escudos, com o fito de se melhorar ainda mais o serviço de recolha de RSU.

A vereadora realça a importância da sensibilização para que as pessoas possam respeitar os horários estipulados de recolha de resíduos sólidos, evitar deitar papeis e outros materiais no chão, porquanto manter uma cidade limpa e atrativa é tarefa de todos. Ciente que a sensibilização é um processo que se deve iniciar muito cedo, a Câmara Municipal realizou um concurso de desenho junto dos alunos do 7º e 8º ano, intitulado “Protege o meio ambiente e cuida do teu lixo para uma cidade limpa”, Cerca de 60 desenhos foram expostos na semana do Ambiente na ESJAP, e foram premiados os três melhores desenhos. É nosso desiderato, junto dos nossos parceiros, desenvolver uma consciência ambiental cada vez mais forte na medida em que uma sociedade só é sustentável se ambientalmente o for.

 

  1. rufino

    É certo que a cidade está limpa, porém, não deveria esquecer dos bairros desta ilha.
    Refiro-me a zona de Ribeira de Julião III. Pagamos imposto (IUP e de Circulação); taxa de recolha de lixo, vemos os carros de lixo passando nessa zona, mas a Câmara não limpa e nem faz recolha de lixo nessa zona;
    Ribeira de Julião não é somente nos três momentos: festa de São João; Período de pagamento de imposto e transporte do lixo da cidade para essa zona.
    Ali também mora GENTE. Atualmente está em curso uma estrada para a lixeira Municipal. Pergunta-se porque não contemplar essa zona com a mesma estrada (cerca de 1000 metros)?? Essa é a zona que não se vê intervenção da Câmara Municipal…

Os comentários estão fechados.

Publicidades
© 2012 - 2018: Notícias do Norte | Todos os direitos reservados.